Reprodução/Divulgação

Eu Amei Victoria Blue | uma paixão sem identidade

Eu Amei Victoria Blue”, do brasileiro Estêvão Romane, traz uma história interessante, com muita sexualidade e uma história de amor que não passou de uma farsa.

Davi era um jovem brasileiro recém-chegado em Nova York para estudar em uma universidade após o término de seus estudos no Brasil. Como Nova York é a cidade que não dorme, ele descobriu muitos lugares, pessoas e o que fazer para sobreviver àquela grande cidade. Morava em um prédio antigo, pouco afastado do centro e foi lá que conheceu Fernanda, uma gaúcha que veio morar em Nova York.

A relação dos dois foi sempre de muito desejo, porém eles demoraram um pouco para se “unirem”. Fernanda tinha um passado obscuro e estranho. Tudo o que ela dizia não parecia ser totalmente real, possuía alguma mentira no meio. Seu passado como modelo era muito fora do comum. Saiu de casa aos 15 anos para morar no Japão. Essa transformação de vida era para fugir de seu pai, que segundo ela, tentava abusa-la constantemente.

Só que com o tempo, Davi começou a notar que alguns de seus relatos e ataques de fúria não eram normais e resolveu começar a investigar sua vida. Foi a partir disso, que ele descobriu quem era Fernanda, ou melhor, Victoria Blue.

O livro possui uma narrativa muito simples, com parágrafos e capítulos curtos. Lembrando que esse livro possui um tema adulto e tem uma linguagem um pouco mais forte. O livro é bom, mas poderia ter alguns capítulos mais amplos para desenvolver melhor alguns atos.

Eu Amei Victoria Blue | uma paixão sem identidade Eu Amei Victoria Blue | uma paixão sem identidade Reviewed by Lucio Pozzobon on 21:21:00 Rating: 5