Reprodução/Divulgação

God Bless America | uma crítica social e midiática

O filme “God Bless America” (tradução literal: “Deus abençoe a América”) já é, pelo menos para mim, o melhor filme do ano. Antes que alguém resolva me julgar, não, eu não possuo nenhum instinto psicopata, só achei que a critica social e midiática que os personagens trazem é muito boa.

O filme foi lançado ano passado no Canadá em um festival e só nesse ano começou a ser distribuído para outros países. Devido ao forte conteúdo e a presença de uma menor de idade participando das ações do personagem principal ele provavelmente será vetado em muitos países.


Frank é um homem de 50 e poucos anos que após receber a noticia que esta com um tumor e como seu tempo de vida é muito curto. Após isso, ele decide fazer o que sempre pensou. Vingar-se de tudo e todos que atrapalham sua vida, principalmente as personalidades midiáticas e de preferencia os participantes de reality shows.

Roxy conheceu Frank após o ver assassinando uma de suas vítimas, uma patricinha que participava de um programa estilo “Super Sweet 16”. Ela fica tão animada por ver sua colega de escola insuportável morta que decidiu que participaria dessa grande jornada com ele.

Como é possível para ver no trailer, o filme é violento, porém a revolta dos personagens Frank e Roxy é sempre explicada. Cada vítima mostrada em seu pior ângulo, com as piores características. A maior parte dessas vítimas são aquelas que aparecem na mídia e que não tratam bem os outros por serem famosos ou ricos.

Se você gosta desse tipo de filme, com críticas sociais e midiáticas eu recomendo. Mas se você tem um pouco de nojo de sangue ou não gosta de ver cenas de assassinato, não recomendo nem um pouco.

Agora é ficar na espera do filme ser lançado no Brasil, nem que seja direto em home vídeo. Fica a dica para as distribuidoras brasileiras.

God Bless America | uma crítica social e midiática God Bless America | uma crítica social e midiática Reviewed by Lucio Pozzobon on segunda-feira, abril 23, 2012 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS