Reprodução/Divulgação

Um amor que o tempo não apagou

Um Ano Inesquecível”, de Ronald Anthony (Editora Novo Conceito, 2012), conta a história de Mickey Sienna, um senhor de 83 anos que vive sozinho em Nova Jersey após a morte de sua esposa. Mesmo achando que poderia viver sozinho, mas alguns erros aconteceram ao tentar cozinhar. Ele incendiou a casa e assim, ficou sem um local para viver. Para solucionar isso, os quatro filhos (Mathew, Darlene, Denise e Jesse) reúnem-se para decidir o futuro do pai e a princípio o mais conveniente seria coloca-lo em uma casa de repouso.

Porém, Jesse, o caçula de 30 anos, percebe que essa seria uma boa oportunidade de construir uma relação com o pai, já que quando nasceu ele já tinha mais de 50 anos. Com isso, algumas limitações da idade os impediram de construir uma relação de amizade e companheirismo. E Jesse queria poder vivenciar isso.

Mickey ao chegar à casa do filho começa a vivenciar sua rotina e percebe a relação dele com sua namorada, Marina. Ele vê que a garota possui algo especial, mas seu filho trata a relação como algo superficial, sem buscar o amor que ela tenta dar a ele. Como não quer ver seu filho em um relacionamento como o que ele teve, Mickey resolve contar a ele sobre o seu verdadeiro amor, Gina. E a partir disso que a história dos dois começa a mudar e o relacionamento entre pai e filho fica cada vez mais fortalecido.


O livro é inspirador e conseguimos ver as diferenças do passado e presente. Tudo isso mostra como devemos resolver nossos erros e buscar nosso verdadeiro amor para não nos arrepender no futuro.

Um amor que o tempo não apagou Um amor que o tempo não apagou Reviewed by Lucio Pozzobon on domingo, abril 07, 2013 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS