Reprodução/Divulgação

Preconceito literário e quem pode falar de literatura

O que é o preconceito literário?

Bem... Preconceito literário nada mais é do que um pré-julgamento sobre determinado livro, leitor ou estilo literário.

E convenhamos, em coisa mais BOBA, do que julgar alguém pelo que ele(a) lê?! Você pode sim, não gostar de um livro, dizer que a história não deu certo pra você, etc. Só não pode querer julgar a pessoa que leu aquele livro e adorou.

Não somos iguais fisicamente e provavelmente nem nossos gostos culturais serão idênticos. Livros servem para ensinar, entreter e divertir. Sempre teremos leituras fáceis e mais difíceis, mas cada um vai ter que aprender a lidar com o tipo de leitura e levar esse ensinamento para si.

É importante discordar e debater as narrativas, mas é preciso ver como será coordenada essa conversa. Ela precisa ser de forma pacífica, sem envolver ofensas pessoais, e determinar como essa pessoa é de acordo com suas opções literárias.

A mesma linha de pensamento, aponta para a questão de quem pode falar de literatura; afinal, qual é a bagagem necessária para tornar alguém "capacitado" para analisar, aquilo que o outro ler e ainda dizer se é ou não apropriado?!

O simples fato de se ler 'Crepúsculo' ou 'Cinquenta Tons de Cinza', não incapacita ninguém de ler 'Orgulho e Preconceito' ou 'Anna Karenina', entender e se apaixonar por cada palavra ali escrita.

Preconceito literário e quem pode falar de literatura Preconceito literário e quem pode falar de literatura Reviewed by Bruna Monteiro on domingo, setembro 22, 2013 Rating: 5
comentários
DISQUS