Reprodução/Divulgação

Hércules | A versão de "The Rock" para o semi-deus


Hollywood resolveu apostar em Hércules ao lançar dois filmes do herói somente neste ano. Estrelado por Kellan Lutz, o primeiro deles saiu em fevereiro, enquanto a versão com Dwayne Johnson estreia hoje (04/09) no Brasil.

Dwayne "The Rock" Johnson, ator experiente em filmes de ação como "G.I. Joe: Retaliação", agora assume o papel principal do filme "Hércules". Ele interpreta uma versão mais madura do semideus, depois ter cumprido os 12 trabalhos.

Hércules é um filme que realmente conseguiu me deixar intrigado: em um minuto estava odiando o filme; e num outro estava exaltando a forma como os produtores buscaram para nos apresentar uma história que já é batida nos cinemas. 

Hércules é uma lenda, o poderoso filho de Zeus com uma mortal, que sem dúvida deu origem ao semi-deus mais conhecido da história. A aura de poder inabalável sempre esteve em torno de seu nome, e isso se manteve durante anos e em cada uma das adaptações ao qual a história tenha sofrido.

Com uma narração em off, nos é contado sobre a origem do semi-deus e alguns dos doze trabalhos, como o Javali de Erimanto, a Hidra de Lerna e o Leão de Neméia (que faria o Aslan tremer). Após um corte que nos traz para o presente da narração, contudo, a contestação de tais feitos é iniciada. Ou seja, aquele Hércules todo-poderoso existe de verdade?

Seriam apenas exitos criados, histórias feitas para aumentar a fama de um mero mortal? A questão se expande quando descobrimos que Hércules atua junto à um bando de mercenários, através de uma cena divertidíssima, que assim já demonstra o toque de comédia que o conteúdo possui.


Entretanto essa "desconstrução" da lenda não é levada até o final, ela para na metade, permitindo assim que fiquemos em dúvida, nos deixando da mesma forma que os cidadãos comuns do filme, com aquela incerteza sobre a origem do homem. Com essa dúvida sempre presente, os roteiristas nos levam por situações em que Hércules realiza feitos de porte sobre-humanos. E nesse ponto, você espectador já esta convencido que existe algo "maior" naquela pessoa, pela simples presença impactante que Dwayne "The Rock" Johnson passa com seu tamanho descomunal na tela.

Por esse motivo minha bipolaridade a respeito do filme, por um lado, não aceitei a desconstrução de uma lenda. Por outro lado, essa nova visão de um Hércules acaba cativando e fazendo você se perguntar durante os 98 minutos de projeção em como mostrar esse personagem por essa perspectiva nova foi uma ideia totalmente acertada.


O filme não é um primor, mas para quem gosta de filmes de ação e para os fãs do "The Rock" será uma ótima pedida.

Hércules | A versão de "The Rock" para o semi-deus Hércules | A versão de "The Rock" para o semi-deus Reviewed by Marko Miller on 09:26:00 Rating: 5