Reprodução/Divulgação

Big Eyes | Lana Del Rey e o sonho do Oscar


Lana Del Rey é uma moça bastante discreta no que diz respeito a fama e parece muitas vezes fugir dos holofotes, diferente da maioria das celebridades.

Porém, a moça é apaixonada por cinema, e parece desejar ser reconhecida nesse meio de alguma forma, prova disso é sua presença recente na premiação do "Globo de Ouro" na qual concorria na categoria de melhor canção original pelo filme "Big Eyes" (no Brasil, "Grandes Olhos") com sua faixa de mesmo título. Dificilmente a cantora dá as caras em premiações de música, mesmo quando esta na disputa.



Tim Burton colocou a responsabilidade da canção tema de seu filme em Del Rey. Mesmo com a pré-indicação ao Oscar a cantora ficou mais uma vez fora da disputa do título, assim como aconteceu no ano passado com a música "Young & Beautiful" do filme "O Grande Gatsby" quando houve até especulações de sabotagem contra a artista.

Em "Big Eyes" há uma identidade forte dos trabalhos recentes de Lana Del Rey. A melodia inicia com arranjos minuciosos que crescem, como, ao abrir uma caixinha de música e o coro de vozes da própria inicia uma quebra quase no vácuo. Há algo cru nessa introdução; quebras são adicionadas aos poucos e vão se moldando.

Como na maioria das faixas de Lana, os arranjos são bem coesos, o piano segue a voz como o guia mais fiel. Por outro lado, um curioso trompete circense entra no refrão e causa uma melancolia recorrente, comum nos trabalhos da artista. Há uma similaridade geral com sua música "Young & Beautiful".

Há momentos em que a canção se mostra grande e cresce com bastante naturalidade e em outros as rimas "Big Eyes" e "Big Lies" sôa meio repetitiva e forçada. A quebra quase no final da música, com um tom lírico, se mostra a mais interessante de toda a faixa.

Mesmo sem a indicação, Lana Del Rey tem muito a comemorar. No ano passado foi responsável pela faixa principal do filme "Malévola" e lançou seu segundo álbum de inéditas "Ultraviolence" do qual estreou em primeiro lugar na Billboard. Seu primeiro single, "West Coast", foi eleito uma das melhores músicas de 2014 por importantes revistas e todo seu trabalho teve um ótimo desempenho comercial e crítico. Além disso, de acordo com os dados divulgados pelo site Hits Daily Double, Del Rey foi a artista feminina que mais gerou lucros e royalties (direitos autorais) para sua gravadora no ano, e é a quinta no ranking geral.

Para 2015, a cantora anunciou há poucas semanas que já trabalha no sucessor de "Ultraviolence" e já possui algumas faixas finalizadas. O nome do novo álbum já foi divulgado e se chamará "Honeymoon". Agora, é só esperar mais detalhes e desejamos uma ótima "lua de mel" para a musa!

Esse post é uma parceria com o Crítica Nude.

Big Eyes | Lana Del Rey e o sonho do Oscar Big Eyes | Lana Del Rey e o sonho do Oscar Reviewed by Eduardo Alexandre on 21:57:00 Rating: 5