Reprodução/Divulgação

"Tomara Que Caia" é uma cilada, Bino?



Logo que 'Tomara Que Caia' começou a ser divulgado como o substituto de 'Superstar' nas noites de Domingo na Globo, o público ficou com uma grande pulga atrás da orelha. Uma das grandes razões para isso era a confusão da propaganda: "É game? É programa de humor?".

Pois é, quando um programa, que envolve anunciantes e um espaço importante de programação, apresentar dúvida do que realmente é, fica difícil de acreditar no que está por vir.



'Tomara Que Caia' é um programa interativo, que mantêm a proposta que o público já vem acompanhando com 'Superstar', onde ele pode participar de uma votação (por meio de aplicativo ou site) para decidir se o grupo que está se apresentando no palco "cai" ou "fica" para mais uma rodada.

Em um dos grupos temos Fabiana Karla, Marcelo Serrado, Nando Cunha e Dani Valente e no outro Heloísa Perissé, Ricardo Tozzi, Priscila Fantim e Eri Johnson. Desses, somente Fabiana, Dani, Marcelo e Heloísa são lembrados pelo público por personagens de humor que deram certo. Os outros fizeram pontas em programas ou novelas (alguns nunca fizeram humor na televisão, só no teatro), mas não aparentavam segurança no palco. Além desses, todo o programa terá uma participação especial. No caso da estreia tivemos Anitta (que conseguiu ser mais engraçada que alguns atores) e o grupo de humor 'Os Barbixas', que mal tiveram a chance de permanecer em cena.

A esquete apresentada tem uma base roteirizada, os atores sabem o rumo que devem seguir com a história, independente do que o público decida (através de hashtags nas redes). Aquele cenário (feio) limitou os atores a uma única história. Seria ótimo deixar o palco livre para que os atores criassem suas histórias a partir da reação do público com um sorteio de temas. E outra coisa: tá na hora da Globo liberar uns palavrões depois das 23h30! Não que isso fosse melhorar o que já foi visto, mas poderia "chocar" a "tradicional família brasileira".

É importante lembrar que um programa de humor interativo já foi testado pela Globo em 2009. Foi 'Norma', estrelado por Denise Fraga (confira aqui o primeiro episódio). O programa, diferente de 'Tomara Que Caia', era engraçado e tinha bastante interação com a platéia que ajudava a mudar os rumos da série. Sim, na época era uma série de humor, ou seja, muito mais difícil, já que o roteiro era "escrito" no palco. Porém o horário não ajudou e a série terminou de ser exibida na TV Fechada anos depois, com os episódios já gravados.

O formato que vemos no palco é basicamente algo que já foi apresentado por outras emissoras, como a MTV, com o 'Quinta Categoria', e a Band, com o 'É Tudo Improviso'. O mais engraçado disso é que a Globo tem quase todo o elenco dos programas de humor da MTV e Band, além de vários outros que fazem um excelente trabalho nos canais Globosat. Ou seja, ainda dá tempo de salvar o programa. É só investir em algo mais simples, com humoristas que saibam lidar melhor com o improviso e que faça rir.

E diferente do que o Boninho insiste em dizer, essa versão "inovadora" de fazer humor não agradou. Faltou improviso, emoção e risada em cena. E, principalmente, risada na sala da minha casa! Parece que o "rei da TV", de acordo com a Variety, não está fazendo escolhas certas.

"Tomara Que Caia" é uma cilada, Bino? "Tomara Que Caia" é uma cilada, Bino? Reviewed by Lucio Pozzobon on 22:07:00 Rating: 5