Reprodução/Divulgação

'Senhor das Moscas', de William Golding

Surpresa, indignação, perplexidade. Estes são só alguns dos sentimentos que você terá ao iniciar a leitura de 'Senhor das Moscas', de William Golding, lançado pela Editora Alfaguara. Um romance clássico, publicado pela primeira vez em 1954 e vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, narra a história de crianças sobreviventes a um desastre aéreo, ficando a esmo em uma ilha paradisíaca, tornando-se responsáveis por si próprios.

Inicialmente somos apresentados a dois dos personagens centrais na história: Ralph e Porquinho, os primeiros sobreviventes a se encontrarem. Ralph, com sua essência exploradora, se mostra impressionado pela beleza do lugar onde estão, satisfeito com a ideia de não existirem adultos por perto. Já Porquinho, possui uma postura mais questionadora e demonstra medo diante das dificuldades que poderão encontrar naquela nova situação a qual estão expostos.

A partir daí outros sobreviventes deste desastre se encontram na ilha, e agora um grupo grande de crianças, classificadas pelo autor como mais novas e maiores (não nos é revelado suas idades), passam a compor uma espécie de grupo, e a necessidade de se organizarem socialmente é eminente. Neste momento somos apresentados a Jack, um dos meninos maiores, que, por sua personalidade forte, se coloca como parceiro e rival de Ralph.

Ralph e Jack, escolhidos pelo grupo como líderes, ficam responsáveis pela criação de um abrigo, caça de animais para alimentação, cuidado com os pequenos, e, sobretudo, a responsabilidade pela fogueira, figura importante na história, que deve ser mantida acesa durante todo o tempo, na esperança de que sua fumaça seja vista e eles serem resgatados.

Rodeados pelo medo, pelo desejo de liderança, pelas dificuldades encontradas no dia a dia, por cada vez mais parecer distante a possibilidade de um resgate, e com sentimentos à flor da pele, essa sociedade em pouco tempo é desfeita, Seus líderes já não chegam mais a um consenso sobre as decisões e ações a serem tomadas, e Porquinho, nunca respeitado pelo grupo, embora fosse o mais sábio entre eles, previa que o pior estivesse por acontecer a qualquer momento, já que o medo se tornou a voz da ilha.

Seria injusto revelar qualquer outro trecho da história, então paro por aqui. O autor narrou com maestria todos os diálogos presentes neste romance, e com sua linguagem é capaz de nos mostrar tanto a fragilidade a qual uma situação semelhante é capaz de fazer com o ser humano, assim como nos deixar espantados e comovidos com o quanto essa condição insalubre e a luta pelo poder podem trazer a tona o lado mau existente nas profundezas de cada um.

'Senhor das Moscas' está disponível nas lojas abaixo:

'Senhor das Moscas', de William Golding 'Senhor das Moscas', de William Golding Reviewed by Fabiana Ferreira on segunda-feira, abril 11, 2016 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS