Reprodução/Divulgação

'O sorriso da hiena', de Gustavo Ávila


O que é certo? O que é errado? Até onde vamos para conseguir provar uma teoria? O que julgamos ser um bem maior realmente é? Nosso caráter é moldado por influências da infância? 'O sorriso da hiena', do autor brasileiro Gustavo Ávila, é um convite a responder diversas questões, nos leva a questionar alguns conceitos e (re)pensar alguns pontos de nossa vida.

Alicate, faca, fita adesiva, máscara de cartolina, língua do pai cortada, os pais cruelmente assassinados, uma criança de 8 anos testemunha de tudo. Isso tudo você vai conferir no livro, que é contado pelo ponto de vista de três personagens: David, William e Artur. 

David acredita que devido a um grande trauma da infância, onde testemunhou a morte de seus pais aos 8 anos, se tornou uma pessoa fria e cruel, que esse fato influenciou negativamente sua vida e seu caráter. Para comprovar sua teoria e ajudar crianças no futuro, 24 anos depois assassina os pais de outras cinco crianças exatamente como os seus pais foram mortos, para que sejam acompanhadas por um psicólogo num período de 10 anos. 

William, é um psicólogo infantil conhecido exatamente por sua tese de doutorado abordar como a infância contribui na formação dos adultos, é então procurado por David para que contribua com seu conhecimento nesse “estudo”. Em meio aos acontecimentos, William precisa decidir o que fazer: denunciar o caso para a polícia ou silenciar e dar continuidade aos seus estudos, acompanhando essas crianças. Em meio a isso, conhecemos também Artur, um detetive de homicídios que sofre da Síndrome de Asperge, o que faz dele ótimo detetive e um personagem incrível.

A história é fascinante, flui super bem e me prendeu muito. O ponto positivo é que na trama acompanhamos o desenrolar dos fatos, os assassinatos e a investigação. Desde o início conhecemos o assassino, suas motivações e intenções com tudo aquilo. 

Os pontos negativos são a falta de profundidade de alguns personagens. Porém, na nova edição do livro esses problemas devem ser resolvidos. O livro foi lançado de forma independente pelo autor (em versão física e digital) e com todo o sucesso ganhou um contrato de publicação com a Verus Editora (que está em processo de edição), além de vender os direitos do livro para a Rede Globo realizar uma produção sem data de estreia ou estilo de programa (série, minissérie ou telefilme).

Esperava um final diferente (talvez até óbvio) e tem algumas pontas soltas ou incompletas, mas essas "falhas" não tiram os méritos da história. Apesar disso, o livro que te faz ponderar escolhas e consequências, questionar alguns conceitos, o que é necessidade e desejo, certo e errado, o limite da consciência, da ética e moral.

'O sorriso da hiena', de Gustavo Ávila 'O sorriso da hiena', de Gustavo Ávila Reviewed by Maiara Lima on domingo, março 26, 2017 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS