Reprodução/Divulgação

'Matéria Escura', de Blake Crouch


Eu precisava recuperar o fôlego antes de escrever esta crítica. Ainda estou processando o passeio surreal que 'Matéria Escura', de Blake Crouch (Intrínseca), me levou.

Uma noite, Jason Dessen está cozinhando o jantar em sua casa de Chicago com sua esposa, Daniela, e seu filho adolescente, Charlie. Jason e Daniela compartilham notícias sobre velhos amigos que alcançaram notável sucesso recentemente e pensam melancolicamente em como suas vidas poderiam ter sido diferentes se tivessem perseguido suas próprias carreiras, tanto na física como na arte, se não tivessem escolhido se estabelecer e criar uma criança. Mas Jason sabe que ele está feliz com sua vida, e que é completamente apaixonado por sua esposa.

Antes do jantar estar pronto, Jason vai ao centro da cidade para se juntar ao seu velho companheiro de quarto da faculdade para uma bebida em comemoração a uma conquista desse amigo. Caminhando para casa mais tarde naquela noite, Jason ouve passos atrás dele, e a próxima coisa que ele sabe é que foi sequestrado por um homem mascarado e armado, que o obriga a dirigir para um estacionamento deserto. Mas enquanto ele espera ser assassinado, ele fica surpreso quando seu sequestrador começa a fazer perguntas sobre sua vida e sua família, incluindo: "Você está feliz com a sua vida?".

Quando Jason acorda, ele está amarrado a uma maca, cercado por pessoas em trajes hazmat. Aparentemente ele foi embora por um tempo, embora no início ele não saiba onde está ou onde ele esteve. Mas pouco a pouco ele percebe que sua vida como ele conhecia não é essa em que está agora, sua esposa não é sua bela esposa, seu trabalho é diferente - nada é como ele se lembra. Ele agora é um cientista notável que realizou algo pensado impossível. O que aconteceu? Como tudo mudou?

Se há mundos infinitos, como eu encontro aquele que é único, especificamente o meu?

'Matéria Escura' é um thriller de ficção científica tenso que é quase impossível deixar de lado. Sugou-me quase que imediatamente e não me deixou voltar pra minha dimensão enquanto eu não houvesse passado por tantas outras numa maratona de quase cinco horas de leitura.

Conceitos de física como superposição quântica e o dilema do gato de Schrödinger são apresentadas para embasar as experiências de Jason, de forma simples e completamente entendível para que o leitor mergulhe com o personagem e sinta-se parte daquele universo.

No final, no entanto, a ciência - que é plausível o suficiente para o leitor casual, mas pode irritar os leitores mais versados na física quântica - torna-se secundária à série de perigos de Jason Dessen e sua busca, primeiro para a compreensão do que está acontecendo e depois para sua busca pelo retorno ao seu verdadeiro lar. O foco do livro: a importância do amor e dos laços familiares é o cerne de tudo, é o que move Jason em busca da verdade e é o que nos mantem cativos durante suas 352 páginas.

Por medo de dar qualquer coisa para aqueles que ainda não leram o livro, o resumo de enredo acima apenas arranha a superfície. Este livro aprofunda a ciência da escolha, a ideia de que para cada caminho que tomamos muitos outros são criados, a chamada possibilidade de escolhas, contudo, são os fios da nossa vida sendo vividos simultaneamente?

Este é um livro de ficção científica com uma surpreendente profundidade emocional, loucas reviravoltas e ação digna de um grande thriller. Algumas pessoas podem não aceitar as ideias propostas pelo tema sobre universos compartilhados, mas uma vez que você abra sua mente e se deixe levar, é impossível não se pegar questionando sobre o tema e o quão complexo e desconhecido ainda é o nosso universo.

Entre a tensão e o terror, Blake Crouch explora o impacto de nossas decisões pessoais, as estradas tomadas e não tomadas, as miríade de pontos de decisão em nossas vidas que podem afetar não só nossas próprias vidas, mas as vidas daqueles que nos rodeiam, e mesmo nosso mundo. Uma leitura extremamente recomendada para todos os amantes de ficção.

Compre 'Matéria Escura'

'Matéria Escura', de Blake Crouch 'Matéria Escura', de Blake Crouch Reviewed by Marko Miller on quinta-feira, abril 06, 2017 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS