Reprodução/Divulgação

Histórias de Amor Que Não Pertencem a Este Mundo | Crítica


Todo mundo já viveu um romance que parecia maravilhoso, em que "encontrou a pessoa da sua vida". Porém, logo depois você descobre que a outra pessoa não está tão conectada a você e aquela situação traz uma revolta tão grande que parece que nada mais faz sentido e não consegue desapegar. Essa é a premissa básica do drama italiano 'Histórias de Amor Que Não Pertencem a Este Mundo'.

Claudia (Lucia Mascino) e Flavio (Thomas Trabacchi) eram colegas de trabalho, porém nunca trocaram uma palavra. Até o dia que eles discutem em um seminário e isso torna a relação deles tão excitante que decidem se conhecer melhor. Só que essa saída virou um romance, começaram a dividir uma casa no campo, em que parecia perfeita para um possível "conto de fadas". Mas o conto de fadas não aconteceu.


Apesar de Claudia manter essa paixão maluca por Flavio, ele não sentia mais o mesmo. Gostava de sua companhia, mas não era ela que ele queria para viver "para sempre". E isso fez com que o relacionamento dos dois decaísse, causando muita dor e insegurança para ela, que achava que nunca mais iria encontrar o amor.

Claudia reluta muito durante boa parte do filme. Não para de enviar mensagens, mesmo ano depois do fim do relacionamento. Acha que o "desaparecimento" de Flavio tem uma razão e ele retornará para ela. Mas não é isso que acontece. Flavio já está em outra vida, vivendo uma nova história, apesar de ainda encontrar muitas lembranças do passado.


Se você assistir ao filme provavelmente vai tentar encontrar seu lado da história: você seria Claudia ou Flavio? Posso dizer que, considerando situações que ocorreram no meu ano, estaria mais para o lado de Claudia. Porém ainda quero viver um "momento de Flavio", que age sem medir muito as consequências.

O título do filme, 'Histórias de Amor Que Não Pertencem a Este Mundo', não é grande à toa. Afinal, histórias de amor podem durar por muito tempo, mas nem sempre o amor vai sobreviver a elas. E a quantidade de aspas no texto é só para lembrar que o "para sempre" não existe. O que existe é cada um construir sua história e juntos melhorá-la cada vez mais.

Histórias de Amor Que Não Pertencem a Este Mundo | Crítica Histórias de Amor Que Não Pertencem a Este Mundo | Crítica Reviewed by Lucio Pozzobon on 21:33:00 Rating: 5