Reprodução/Divulgação


Estrear em um momento de grande influência de um filme Disney/Pixar nos cinemas é sempre um desafio. Porém, 'O Touro Ferdinando' mostrou que uma boa história pode conquistar seu público e garantir bons momentos em uma sala de cinema.

Baseado no livro de Munro Leaf, com ilustrações de Robert Lawson (lançado no Brasil pela Editora Intrínseca), 'O Touro Ferdinando' é um clássico da literatura infantil que ganha uma versão muito bem adaptada e em 3D. O filme traz a base da história de apenas 72 páginas com mais personagens, cenários e claro, animais falantes. Se você quer uma história mais próxima do conto original, existe o curta da Disney, lançado em 1938 e vencedor de melhor curta animado no Oscar.

Na história do filme conhecemos Ferdinando, um bezerro que não gosta dar cabeçadas nos outros bezerros, uma "atividade" que servia como uma forma de treinamento para um futuro campeão na tourada de Madri. Ferdinando não gostava disso, gostava de curtir a natureza, cheirar as flores, sentir-se amado pelo ambiente. Porém isso incomodava os outros bezerros, pois viam que ter um diferentes entre eles não era algo bom.


Depois de seu pai ser levado para uma das touradas, o jovem Ferdinando resolve buscar uma forma de fugir e ir para um lugar em que não precisasse ter medo ou ficar brigando com os outros bezerros por espaço. E nessa fuga, que envolve até um trem em movimento, ele encontra Nina e seu pai que o abrigam com muito amor, comida e, principalmente, não obrigam ele a mudar sua personalidade.

Porém o tempo passa, Ferdinando deixa de ser um bezerro e torna-se um enorme touro. Só que ele não percebe que cresceu e essa mudança traz uma grande reviravolta em sua vida e apresenta um retorno à suas origens e um momento em que ele faz novas amizades, como a cabra Lupe.


O filme, do diretor brasileiro Carlos Saldanha, traz uma narrativa muito importante e atual, que é a aceitação de como somos, sem seguir um padrão ou viver como os outros querem. Ferdinando nunca deixou de lado seus pensamentos e vontades de ficar longe das touradas, que recebem uma boa crítica, principalmente quando apresenta o "prêmio" que essa violência causa aos animais.

Assim como 'Viva: A Vida é uma Festa', 'O Touro Ferdinando' traz uma mensagem forte, importante para as crianças, que é seu público principal, mas serve de alerta para os adultos que tentam enquadrar as crianças dentro de atividades ou padrões que elas não gostam por simples conveniência. Vale a pena conversar sobre a história em casa e criar reflexões para as crianças e adultos.

O Touro Ferdinando | Crítica O Touro Ferdinando | Crítica Reviewed by Lucio Pozzobon on 17:39:00 Rating: 5