Reprodução/Divulgação

Law & Order: True Crime - The Menendez Murders - 1ª Temporada | Crítica

'Law & Order: True Crime' é uma minissérie do canal NBC mais uma série do selo 'Law & Order' produzida por Dick Wolf (Miami Vice) considerado o rei do crime e especialista em séries de tribunais tendo como o grande sucesso Law & Order SVU exibida há quase 20 anos.

Tendo apenas 8 episódios a série trata de crimes reais vindo na onda das produções famosas como American Crime Story e Making a Murderer.  O caso em questão é "The Menendez Murders" o julgamento se tornou um dos casos mais marcantes da historia americana no anos 80. A série está disponível no Brasil pela FOX Premium

José Menendez (Carlos Gómez, The Glades) e sua esposa Kitty (Lolita Davidovich, Império de Sangue) foram encontrados mortos em casa pelos filhos Erik (Gus Halper, Goat) e Lyle Menendez (Miles Gaston, NCIS). Eles afirmaram que voltaram do cinema e os encontraram mortos.

Durante meses esbanjaram do dinheiro que herdaram do pais, enquanto a polícia investigava o crime, levantando suspeitas e tornando-os principais suspeitos. Leslie Abramson (Edie Falco, Família Soprano) é advogada de defesa do caso dos irmãos, ela é poderosa, firme, competente, logo de cara podemos sentir o poder dela num tribunal, defende seus clientes com unhas e dentes. Erik é está muito abalado com a morte dos pais, já Lyle é frio e inexpressivo, inteligente ele manipula Erik o tempo todo. 


O detetive Zoeller (Sam Jager, Parenthood) vai encontrando pontas soltas na historia dos irmãos e ambos acabam presos pelo assassinato dos pais. No decorrer dos episódios Lyle acaba revelando todo o plano e admite a culpa, e assim, os irmãos relatam todos os abusos que ocorriam na mansão.

Desde os 8 anos, o Pai batia e abusava sexualmente deles e, mesmo depois de adultos, ele ainda abusava de Erik. A mãe sabia dos abusos, mas era mentalmente instável, usava drogas e bebia bastante, ela também abusava de Erik na infância.

A série alterna entre flashbacks da vida dos garotos, momentos da infância e adolescência. Leslie consegue reunir provas e testemunhos da família para a defesa dos irmãos. O julgamento foi transmitido pela TV, sendo recorde de audiência e dividindo opiniões.   



A série se passa entre os anos 1989 a 1996 e tudo é burocrático demais, Leslie enfrenta vários problemas os absurdos da promotoria corrupta e misógina, a falta de imparcialidade do Juiz que durante toda apresentação do caso desdenhava de Leslie, interrompia e vetava qualquer solicitação a favor dos irmãos Menendez. Erik é o mais abalado, foi o que sofreu a maior parte dos abusos e chega a ser comovente, Leslie cuida dele como uma mãe.

A defesa tenta criar uma argumentação para salva-los da pena de morte. Somos apresentados ao mesquinho Dr. Oziel, psicólogo de Erik, que quebra o termo de confidencialidade e revela detalhes das consultas. O julgamento arrastou-se por muito tempo devida a imparcialidade do Juiz, prejudicando a defesa, mas Leslie em momento algum abandonou os irmãos. 


Mesmo com novatos no elenco de protagonistas, a química deles é notável em cena, trazendo emoção, a empatia que o roteiro consegue passar chega a ser um sentimento estranho torcer pela defesa dos assassinos, tudo isso devido a força da defesa que Leslie monta para o caso. Fica evidente o quanto ela é uma advogada maravilhosa, mas em nenhum momento ela tenta livra-los de cumprir as consequências dos seus atos.

Apesar dos acertos o grande problema de 'True Crime' é que já existem várias séries aproveitando a onda de sucesso em adaptar na TV crimes reais. A dramatização ficou muito parecida com a realidade, mas pecou na fotografia que, mesmo com os anos avançando, os personagens não envelheceram ou modificaram a aparência.

O roteiro poderia ter se aprofundado mais no passado ou uma interação maior com a família. Era necessário arriscar mais e apresentar uma personalidade, buscando um destaque e não parecer mais uma no meio de tantas do gênero.  

'Law & Order: True Crime' não trás nada inovador, mas com alguns ajustes terá um potencial maior. Mas para quem não dispensa investigação e tribunais, é uma boa pedida.

Law & Order: True Crime - The Menendez Murders - 1ª Temporada | Crítica Law & Order: True Crime - The Menendez Murders - 1ª Temporada | Crítica Reviewed by Cintia Milanez on quinta-feira, fevereiro 22, 2018 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS