Reprodução/Divulgação

De Encontro com a Vida | Crítica


Você sabe lidar com perdas? Em 'De Encontro com a Vida' conhecemos Sali (Kostja Ullmann) um jovem que estavam terminando os estudos e sonhava em trabalhar em redes de hotel.

Porém ele estranha algo em sua visão e em uma visita ao médico descobre que perdeu 80% de sua visão e após um procedimentos cirúrgicos sua visão mantem-se turva, o que o deixa em um grande desespero, principalmente pelo medo de não poder realizar seu sonho.

Após começar a entender sua falta de visão e buscar métodos de aprendizado, Sali finaliza seus estudos e vê como é difícil uma pessoa com deficiência encaixar-se no mercado de trabalho tradicional.


Então ele resolve que iria enviar currículos ocultando essa informação e é assim que ele é chamado por um grande hotel de Munique. Antes da primeira entrevista, sua irmã e mãe ficaram responsáveis por conhecer os melhores caminhos e explicar a melhor maneira para se comunicar com as pessoas do hotel sem que fosse descoberto. E inicialmente dá tudo certo, apesar de seu concorrente, Max (Jacob Matschenz), desconfiar um pouco de como ele agia.


Como entrou para uma das vagas de aprendiz, Sali precisaria passar por todas as rotinas do hotel (arrumação dos quartos, cozinha, recepção e salão de jantar), até encontrar uma que fosse mais adequada para ele.

Entre alguns problemas e vários acertos, ele conhece Laura (Anna Maria Mühe), uma fornecedora de verduras e legumes para o hotel. Obviamente ele não a viu, mas encantou-se por sua voz e pelas poucas conversas que pode ter com ela.

Em meio a uma confusão familiar, Sali começa a perder um pouco do controle das situações e quase perde tudo o que construiu. Mas com foco e ajuda dos amigos ele mostra que não é qualquer dificuldade que pode derrubá-lo.


'De Encontro com a Vida' apresenta uma comédia nem tão romântica. Podemos dizer que o relacionamento com Laura é deixado em segundo plano, em relação a sua vontade de aprender e mostrar suas habilidades profissionais. A mensagem do filme deixa claro que não devemos desistir do que acreditamos, buscar formas de melhorar e fazer tudo para atingir nossos objetivos, mesmo que alguns deles deixem cicatrizes.

Em questão estrutural, o filme tem um bom roteiro, cumpre com o prometido em seus materiais de divulgação e apresenta uma visão de uma história real que poderia ter sido melhor aproveitada em seus créditos finais.

De Encontro com a Vida | Crítica De Encontro com a Vida | Crítica Reviewed by Lucio Pozzobon on 23:38:00 Rating: 5