Reprodução/Divulgação

Eu e meu guarda chuva | Crítica


O filme Eu e meu guarda chuva é um filme infantil brasileiro, lançado pela FOX Filmes do Brasil e foi baseado em um livro de mesmo nome, escrito por Branco Mello e lançado pela Editora Globo. O livro pode ser encontrado na Estante Virtual ou no Buscapé com os melhores preços.

A história acontece durante a última noite de férias de três amigos, que tentam entrar na nova escola que irão estudar.

Isso acontece, pois eles querem comprovar que a escola é realmente assombrada pelo fundador, que não aceitava que os estudantes não soubessem as respostas de suas perguntas. De acordo com a “lenda”, ele morreu de desgosto por ter um aluno tão burro.

Eugênio, o personagem principal, leva sempre junto com ele o guarda chuva, que seu avô deixou como lembrança antes de sua morte. Para ele, o guarda chuva possui poderes mágicos que conseguem salvá-lo de muitos problemas.

Durante o filme, além de mostrar os três personagens principais (Eugênio, Frida e Cebola), aparecem muitas participações especiais como Arnaldo Antunes, como o responsável pelo setor de “Achados e Perdidos”, Paola de Oliveira como Frida, depois de alguns anos e Leandro Hassum como o taxista de um país desconhecido que tem um portal direto para escola.

Apesar de ser considerado um filme infantil, tem alguns momentos do filme, que são muitos “fortes”, mas como sabemos as crianças, atualmente, andam muito “desenvolvidas” e espertas.

O filme foi muito criticado pela falta de entusiasmo e interpretação muito fraca das crianças. Imagino que no Brasil a escolha de bons atores está cada vez mais difícil no mundo adulto, então imagino que para escolha de crianças esteja mais difícil ainda, até por que existem leis que não permitem que as crianças tenham um ritmo intenso de gravações.

Como alguns críticos falaram que os atores só poderiam ser “filmes dos diretores/produtores para serem tão ruins”, fiz uma pesquisa e descobri que nenhum dos atores já teve alguma experiência em TV ou cinema e não possuem nenhum parentesco com a equipe do filme ou atores já famosos.

Mesmo com todas estas críticas, o filme possui uma ótima pós-produção e efeitos especiais, que foram realizados pela Moonshot Pictures, que é considerada a maior produtora de pós-produção da América Latina. Em seu portfólio estão todas as temporadas de “Brazil’s Next Top Model” e “9MM - São Paulo”.

Para quem quiser saber mais, acessem o site oficial do filme, assistir o trailer abaixo, um vídeo com os bastidores em uma matéria especial do Telecine e se gostar, corra para a locadora mais próxima!


Eu e meu guarda chuva | Crítica Eu e meu guarda chuva | Crítica Reviewed by Lucio Pozzobon on segunda-feira, fevereiro 28, 2011 Rating: 5
comentários
DISQUS