Reprodução/Divulgação

[Evento] 15ª Bienal do Livro do Rio de Janeiro

Olá!
Vim aqui divulgar a lista de autores internacionais já confirmados para a 15ª Bienal do Livro do Rio de Janeiro, que ocorre de 1º a 11 de setembro, no Riocentro.
Achei a lista bem ampla e variada, dando destaque para três autoras que gosto Anne Rice, Alyson Noël e Lauren Kate.
Abaixo segue a lista de todos os autores confirmados e um pequeno resumo de sua carreira

Abraham Verghese: Nascido na Etiópia em 1955, Abraham Verguese começou os estudos de medicina em seu país de origem, mas formou-se na Índia. Em 1980 mudou-se para os Estados Unidos, onde mora atualmente. É professor de medicina e chefe do Departamento de Doenças Infecto-Contagiosas no Texas Tech Health Sciences Center de El Paso, Texas. Verguese publicou diversos artigos em revistas como The New Yorker, Granta e The North American Review e autor também de O 11° mandamento e Minha Terra, ambos publicados no Brasil pela Companhia das Letras.

Alysson Noël: A americana Alyson Noël, popular entre o público juvenil, escreve a série de fantasia Os imortais, que já tem mais de 240 mil exemplares comercializados no Brasil. O quarto volume da saga, Chama negra, acaba de ser publicado pela editora Intrínseca, que prepara ainda para este ano o quinto (Nightstar) e a estreia da nova série Radiance.

Amitav Ghosh: Escritor indiano que já morou em Bangladesh, Sri Lanka e estudou na cidade de Alexandria, no Egito, e em Oxford, na Inglaterra, Ghosh já foi traduzido para mais de 20 idiomas e é autor de livros premiados como Maré voraz e O palácio de espelho. Sua mais recente obra (primeira parte de uma trilogia), Mar de papoulas, foi muito elogiada pela crítica americana e acaba de ser lançada no Brasil pela Editora Objetiva/Alfaguara. Trata-se de um romance épico que se desenvolve numa embarcação inglesa e tem como pano de fundo as guerras de ópio na China e no Extremo Oriente.

Anne Rice: A escritora americana publicou em 1976 o romance Entrevista com o vampiro, no qual rejuvenesceu e humanizou a figura clássica da criatura das trevas, se tornando referência para várias gerações de autores e leitores. A autora, que já esteve no Brasil a passeio e nunca escondeu a simpatia pelo país, pela primeira vez se reunirá com os brasileiros para debater sua obra e trajetória. Todos os livros da autora vêm sendo reeditados, com novo projeto gráfico, pela editora Rocco. Na Bienal, Anne Rice lançará o romance De amor e maldade, segundo volume da trilogia iniciada em novembro de 2010 com Tempo dos anjos.

Audrey Niffenegger: Além de escritora, é artista plástica, professora e autora de uma vasta coleção de gravuras, pinturas, desenhos e quadrinhos. Chegou a produzir graphic novels, uma delas publicada ano passado no jornal inglês The Guardian. Atualmente trabalha em seu próximo livro, The night bookmobile, que conta a história de uma menina que sofre de hipertricose (transtorno que afeta o crescimento dos pelos) e precisa encarar a vida social na escola. Em sua estreia, em 2003, com A mulher do viajante do tempo, Audrey alcançou o primeiro lugar na lista dos mais vendidos do New York Times e foi adaptado para o cinema no drama romântico Te amarei para sempre. Seu segundo romance, Uma estranha simetria, foi lançado no Brasil em março deste ano.

Deborah Harkness: O romance A descoberta das bruxas alcançou os primeiros lugares nas listas dos mais vendidos assim que foi lançado nos Estados Unidos e foi um dos títulos mais disputados na Feira de Frankfurt em 2009. O livro conta a história de uma mulher que abre um misterioso manuscrito que revela um mundo cheio de seres fantásticos e sobrenaturais. Harkness é especializada em história da ciência, magia e medicina. Além de escrever e lecionar em uma universidade da Califórnia, é apaixonada por vinhos e mantém um conhecido e premiado blog sobre o assunto, Good wine under U$ 20.

Gonçalo M. Tavares: É um dos mais importantes nomes da literatura portuguesa contemporânea. Vencedor do prêmio Portugal Telecom em 2007, é celebrado por outros grandes escritores. José Saramago, por exemplo, disse que seu romance Jerusalém “é um grande livro, que pertence à grande literatura ocidental”. Nascido em 1970 em Luanda, na Angola, Gonçalo publicou seu primeiro livro em 2001. Desde então acumula dezenas de obras, entre ficção, poesia e teatro: as séries O reino (quatro volumes), O bairro (10 volumes), Enciclopédia (três volumes) e Investigações (três volumes), além de A perna esquerda de Paris seguido de Roland Barthes e Robert Musil, água cão cavalo cabeça, 1, Histórias falsas, A colher de Samuel Beckett, Biblioteca e Uma viagem à Índia, este recentemente lançado no Brasil pela editora Leya. Trata-se de um romance que dialoga com Os lusíadas, de Camões, e Ulisses, de James Joyce, recriando Bloom, protagonista deste último, em uma jornada em busca de “sabedoria e esquecimento”. Além do Portugal Telecom, Gonçalo M. Tavares já recebeu prêmios como José Saramago (2005) e LER/Millennium (2004). Seus livros foram publicados em mais de 30 países.

Lauren Kate: É autora de Fallen, primeiro romance de uma série de fantasia, que, após ter figurado na lista dos mais vendidos do New York Times, foi publicado no Brasil em 2010 pela Galera Record e conquistou um grande número de fãs por aqui. A continuação, Tormenta, confirmou o sucesso da saga, que terá o terceiro capítulo, Paixão, lançado pela própria Lauren Kate durante a Bienal. Fallen teve os direitos adquiridos pelos estúdios Disney e deve chegar aos cinemas em 2012. Lauren Kate está trabalhando no quarto livro da série, que encerrará a saga.

Leonard Mlodinow: Professor do Instituto de Tecnologia da Universidade da Califórnia, é autor de obras como o best-seller O andar do bêbado Zahar), no qual usa seus conhecimentos em estatística e probabilidade para mostrar o papel do acaso em nosso dia a dia. Lançou recentemente, em coautoria com Stephen Hawking, O grande projeto (Nova Fronteira), que procura atualizar as respostas para as questões da ciência relacionadas à criação do universo e ajudar a compreender o mundo no qual nos encontramos. Antes de iniciar sua carreira de escritor, foi roteirista de diversas séries de televisão, como MacGyver e Star Trek – A nova geração.

Lisa Sanders: é consultora técnica da série de TV House, sucesso de audiência no mundo todo e autora de Todo Paciente Tem Uma História para Contar - Mistérios Médicos e a Arte do Diagnóstico. O livro permite ao leitor testemunhar o processo de solução de diversos casos misteriosos, cheios de pistas falsas, pseudossoluções e desafios. Lisa é também clínica geral da Faculdade de Medicina da Universidade Yale e escreve a coluna mensal “Diagnóstico” na New York Times Magazine.

Michael Connelly: Autor da série de livros protagonizados pelo detetive Harry Bosch, recebeu diversos prêmios por seu trabalho como jornalista e também por seus romances, entre eles Echo Park, tido pela imprensa como uma "obra-prima da literatura policial". Seu próximo lançamento é O espantalho, que sai em abril pela Suma de Letras/Objetiva.

Scott Turow: É considerado um dos melhores autores de mistério e suspense da atualidade. Na Bienal do Livro Rio, o americano lançará Inocente, romance que é a continuação de seu maior sucesso, Acima de qualquer suspeita, thriller de tribunal que revela bastidores da justiça. A obra foi adaptada para o cinema e se tornou um grande sucesso, com Harrison Ford no papel principal. Formado em direito por Harvard, Turow trabalha até hoje como advogado em sua cidade natal, Chicago. Foi após atuar em vários casos de corrupção que começou a escrever seus romances. Seus livros já venderam mais de 25 milhões de cópias e foram traduzidos para mais de 20 idiomas, além de terem inspirado filmes e séries de TV. No seu novo romance, Inocente, o protagonista continua sendo o advogado Rusty Sabich, que mais uma vez é acusado de um assassinato, agora da própria mulher.

Robert L. Wolke: é professor emérito de química na Universidade de Pittsburgh. Sua coluna no Washington Post, Food 101, recebeu os prêmios da James Beard Foundation e da International Association of Culinary Professional. Wolke foi indicado, em 2005, para o prêmio Grady-Stack, concedido para os melhores divulgadores científicos para público leigo. O primeiro volume de O que Einsten disse ao seu cozinheiro foi publicado pela Editora Zahar em 2003, com um enorme sucesso de vendas.

Susan Casey: Jornalista premiada e editora-chefe da O, The Oprah Magazine, nasceu em Toronto, no Canadá. Seu aclamado A onda (Zahar) investiga um dos fenômenos naturais mais impressionantes do mundo ao acompanhar surfistas radicais, cientistas de ponta e marinheiros pelos trechos mais temíveis do oceano em busca de ondas gigantes.

William P. Young É filho de pais missionários e morou durante boa parte de sua infância em uma comunidade tribal de Papua Nova Guiné. Apesar de ser ex-seminarista e do teor religioso de seu livro, Young afirma ter deixado de seguir a religião católica. Já trabalhou como DJ, salva-vidas, ator e empresário. O romance A cabana, best-seller que figura há cerca de três anos entre as primeiras colocações nas listas de mais vendidos, já vendeu mais de dez milhões de cópias somente nos Estados Unidos. No Brasil, onde foi lançado pela Sextante, já são mais de 2,5 milhões de exemplares comercializados.

Então pessoal, tem algum autor(a) que vocês estão ansiosos para encontrar?
Deixe seu comentário dizendo quem você está esperando!
Provavelmente não poderei ir, mas vou ficar acompanhando todas as informações.
Quem quiser mais detalhes, entre no site oficial!

Até o próximo post!

[Evento] 15ª Bienal do Livro do Rio de Janeiro [Evento] 15ª Bienal do Livro do Rio de Janeiro Reviewed by Lucio Pozzobon on sábado, julho 02, 2011 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS