Reprodução/Divulgação

Diga sim a Sandy


O que é necessário para que um espetáculo receba essa designação? No caso de Sandy, que subiu ao palco do Vivo Rio no último sábado (29), não é preciso exigir muito. O All POP Stuff estava lá e constatou que a voz da cantora foi suficiente para agradar o público na reestreia da turnê “Sim”, título de seu último álbum solo. 

Com cerca de 20 minutos de atraso, o single “Aquela dos 30” foi a primeira música executada pela artista, que está grávida de seis meses e espera um menino, fruto de seu casamento com Lucas Lima. Os versos de “Sem Jeito” e “Perdida e Salva” foram entoados a plenos pulmões pelos fãs da cantora, que ainda se comportavam em seus lugares. 

O clima de aconchego permaneceu graças à iluminação e o cenário. “Ela/Ele” e “Segredo” abriram espaço para o primeiro cover da noite: “Se Deus Me Ouvisse”. A música é uma composição de Almir Rogério e a interpretação mais conhecida é de Chitãozinho e Xororó. “Pés Cansados”, “Ponto Final” e a releitura de “Casa” deram ritmo à apresentação. Logo depois, falou sobre sua participação em “Um Barzinho Um Violão” e impressionou com sua potência vocal, entoando “Meu Bem Meu Mal”, clássico consagrado nas vozes de Gal Costa e Caetano Veloso.

Coincidência ou destino, um coro incessante de “eu te amo” permaneceu até que Sandy levantasse sua bandeira à favor de uma causa mais do que justa: o amor. Não importa de qual forma ele seja expresso. Um fã conseguiu fazer barulho suficiente nas redes sociais e chamar a atenção da cantora, que o ajudou a pedir seu ficante em namoro. “Ninguém É Perfeito” foi a trilha sonora do novo casal, Marvin e Rafael. 

De Tom Jobim a Nando Reis, a artista engatou “Águas de Março” e “All Star”. Orgulhando-se da composição, “Morada” emocionou o público. “Angel”, de Sarah McLachlan, completou o círculo de covers. A parte mais emocionante de todo o show foi quando “Não Dá Pra Não Pensar” começou a ser executada. Os fãs abandonaram seus lugares e se aglomeraram em frente ao palco. “A Lenda” fez com que todo mundo revivesse os tempos áureos de Sandy & Junior.

Durante o bis, “Quem Eu Sou” e “Sim”, foram as canções responsáveis pelo fim do show. Encantadora, afinada e sem rodeio. Não importa a idade, a orientação sexual ou a cor de cabelo. Diga sim à simplicidade. Diga sim a Sandy. 


Foto: Henrique Oliveira/AgNews

Diga sim a Sandy Diga sim a Sandy Reviewed by Unknown on quarta-feira, abril 02, 2014 Rating: 5
comentários
DISQUS