Reprodução/Divulgação

'A Verdade Sobre O Caso Harry Quebert', de Joël Dicker


O livro 'A Verdade Sobre O Caso Harry Quebert', de Joël Dicker foi um dos lançamentos da Intrínseca em 2014 e seu enredo trouxe muitos curiosos para conhecer o seu mundo. Infelizmente, todo o hype dado ao livro não passa de uma excitação por ser um grande best-seller mundial.

Marcus Goldman é um escritor americano e conhece o sucesso após o lançamento de seu primeiro livro. E com isso ele entra em uma vida de festas e glamour.

Só que ele "esquece" que tinha um contrato com a editora para lançar cinco livros, o que ocasionava uma questão de prazo para lançamento. Com esse tempo chegando ao fim, e sentido-se pressionado por seu agente e editor, Marcus corre atrás da pessoa que sempre ajudou em sua carreira: Harry Quebert.

Este já tinha passado dos 60 anos e trazia uma bagagem de ensinamentos muito grande, principalmente focada na literatura. Marcus conheceu ele na faculdade e foi ali que começou uma grande amizade.

Harry morava em Aurora, uma cidade do interior, calma e sem muitos acontecimentos. E foi para essa cidade que Marcus retorna, depois de anos, para tentar começar seu novo livro.

Só no meio de tudo isso os dois se envolvem, de formas muito distintas, no assassinato de Nola Kellergan. Essa jovem desapareceu há mais de 30 anos e seus restos mortais foram encontrados no jardim da casa de Harry. Assim, ele é preso acusado de assassinar a garota, com quem teve um caso amoroso antes de sua morte.

A partir disso, Marcus assume sua investigação do caso e busca uma forma de inocentar Harry, mesmo que tenha que vasculhar o passado de quase toda a população de Aurora para achar o verdadeiro culpado.


O livro é envolvente, te prende na história e tem um bom começo e fim. Seu meio é enrolado e muitas vezes penso que vários trechos poderiam ser cortados ou reduzidos. Como vemos muitas cenas iguais com pontos de vista diferentes, certos momentos temos a impressão de estar lendo a mesma coisa, várias vezes.

Podemos ver que o autor tem uma boa escrita e referências, como 'Lolita', de Vladimir Nabokov, que provavelmente inspirou a história principal entre Nola e Harry. Seus personagens e cenários são bem caracterizados e é bem fácil de imaginar quem é quem na história, porém, ele não apresenta muito bem as emoções dos personagens.

Para uma estreia, o livro é bom, mas imagino que para próximos, se ele continuar focando em suspense policial, seria bom reduzir um pouco as repetições e focar um pouco mais nos fatos da história.

'A Verdade Sobre O Caso Harry Quebert', de Joël Dicker 'A Verdade Sobre O Caso Harry Quebert', de Joël Dicker Reviewed by Lucio Pozzobon on terça-feira, setembro 02, 2014 Rating: 5
comentários
DISQUS