Reprodução/Divulgação

As menores bilheterias de 2015 nos Estados Unidos


Todo fim de ano sempre conferimos as listas das coisas que deram certo e errado. Mas mesmo sabendo que temos vários acertos no mundo do cinema e grande bilheterias, os filmes que foram um fracasso de bilheteria sempre chamam muita atenção. O Digital Spy liberou uma lista com alguns dos filmes que mais "floparam" em 2015.

E lembrando, que o investimento apresentado abaixo, não inclui a parte de divulgação, ou seja, a venda de ingressos pode ter pago o orçamento de produção do filme, mas não o gasto total da distribuidora.

Victor Frankenstein



Investimento: $40 milhões de dólares
Venda de ingressos: $33.1 milhões de dólares

O filme não tem uma história muito nova mas seu elenco (James McAvoy e Daniel Radcliffe) chama o público para conferir a trama, mas talvez não seja um bom momento para o lançamento do filme. Não é incrível, mas também não é ruim.

Mortdecai - A Arte da Trapaça



Investimento: $60 milhões de dólares
Venda de ingressos: $47 milhões de dólares

Colocar Johnny Depp, Gwyneth Paltrow e Ewan McGregor em uma comédia nem sempre pode dar certo. Pelo menos não dessa vez. O filme tem seus pontos forte, mas não é nada demais.

O Destino de Júpiter



Investimento: $176 milhões de dólares
Venda de ingressos: $183 milhões de dólares

Mesmo ultrapassando um pouco investimento de produção, o filme não teve o retorno esperado pela Warner. Infelizmente o que chamava atenção nesse filme era seus efeitos especiais. E só.

Sob o Mesmo Céu



Investimento: $37 milhões de dólares
Venda de ingressos: $26 milhões de dólares

Já sabemos que por esse filme, Bradley Cooper, Rachel McAdams e Emma Stone não vão concorrer ao Oscar. É uma comédia romântica legal, mas nada demais. Vale a pena para rever os atores em cena.

Quarteto Fantástico



Investimento: $120 milhões de dólares
Venda de ingressos: $167 milhões de dólares

Esse que era um dos filmes mais aguardados de 2015 acabou virando um dos fracassos. Este é outro exemplo de filme que ultrapassou o valor de produção, mas todo investimento para fazer as pessoas esquecerem a primeira versão do filme (que teve um retorno mais baixo ainda) não rende o lucro esperado e fez com que a sequência fosse "adiada" (a gente sabe que vão cancelar).

A Travessia



Investimento: $35 milhões de dólares
Venda de ingressos: $41 milhões de dólares

Nem sempre uma história real vai atrair o público. E mesmo ultrapassando o investimento de produção, o filme é um pouco chato e cansativo. Mas vale a pena para conhecer a história e ficar agoniado com as cenas de travessia entre os prédios.

Steve Jobs



Investimento: $30 milhões de dólares
Venda de ingressos: $23 milhões de dólares

Pelo jeito falar de Steve Jobs não tem sido uma coisa fácil para as produtoras de cinema. Na segunda tentativa o filme ganhou uma nota boa dos críticos (7,6), mas imagino que o público ficou com medo de ser muito parecido com a versão de 2013, com Ashton Kutcher, e não apareceram no cinema. Ou simplesmente cansaram da Apple e seu criador. Aqui no Brasil esse filme chega em 21 de Janeiro de 2016.

Rock the Kasbah



Investimento: $15 milhões de dólares
Venda de ingressos: $3 milhões de dólares

Mais uma comédia com Bill Murray, só que agora no Afeganistão. Não cheguei a assistir, mas considerando o que vi no especial de Natal do Netflix, vou demorar um pouco para vê-lo.

Jem e as Hologramas



Investimento: $5 milhões de dólares
Venda de ingressos: $2 milhões de dólares

Tentar recordar uma década passada com um sucesso da animação em Live Action nem sempre é fácil. Imagino que o baixo orçamento também não ajudou muito para que o filme fosse melhor. Talvez novos episódios animados ou um filme para TV tivessem tido um retorno melhor.

E você tem mais alguma indicação para essa lista?
Deixe nos comentários sua sugestão!

As menores bilheterias de 2015 nos Estados Unidos As menores bilheterias de 2015 nos Estados Unidos Reviewed by Lucio Pozzobon on sábado, dezembro 26, 2015 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS