Reprodução/Divulgação

Na época que Ugly Betty foi anunciada, fiquei muito animado com a notícia, pois já tinha acompanhado a versão original completa, duas vezes pela RedeTV!. Claro que na época já imaginava que a série seria muito criticada e sofreria muitas comparações, mas logo quando foram surgindo informações oficiais e o lançamento do primeiro episódio, o público e a crítica viram que era uma ótima produção e adaptação.

A série retrata Betty Suarez, uma mulher jovem que quer uma grande oportunidade para crescer na vida, mas percebe que onde vive, Nova York, as pessoas não decidem dar uma oportunidade tão rápido, você deve ser esforçado, mostrar competência e claro, uma boa aparência. Isso é algo que Betty “luta” durante toda série, com o sentido de “tô feia, mas tô na moda”. Betty mostra que apesar de não ser uma modelo pode viver no mundo da moda com todas as críticas e pessoas que atrapalham seu caminho.

Além de Betty, temos sua família que é tradicional e de origem mexicana, que mora no Queens, um distrito popularmente habitado por latinos em Nova York. Na casa, vive seu pai, irmã e seu sobrinho que tem o sonho de conhecer famosos e ser um algum dia.

Já na Big Apple, podemos encontrar toda a equipe da revista MODE. Lá temos Daniel, o editor chefe e garanhão (nas duas primeiras temporadas, depois ele dá uma acalmada), a vilã Wilhelmina Slater e, os dois assistentes mais engraçados e irônicos da face da terra, Marc e Amanda. Claro que a série recebeu muitas participações especiais, como Lindsay Lohan, Jayma Mays (a Emma de Glee) e muitos outros. Foram tantos que a lista ficaria enorme.

A série é basicamente isso, ensinar as pessoas a viverem com as diferenças e aparências diferentes, por que mesmo você sendo belo, magro, se achar o mais “estiloso” da face da terra, você pode não ter a mesma competência que alguém que não está inserido nos padrões (obs.: sim, isso foi uma crítica a algumas pessoas que conheço). Você DEVE estar feliz com sua aparência, ver quem está ao seu redor e aproveitar as oportunidades para demonstrar quem você realmente é.

Infelizmente a série só teve 4 temporadas. Um dos grandes problemas que a série sofreu, foi a greve dos roteiristas, que ocorreu entre 2007 e 2008, que fez que essa e muitas outras séries perdessem um pouco do seu rumo (e fossem canceladas), ao perder os roteiristas originais. Mas pelo menos ela teve um fim, não foi cortada drasticamente pelo canal, o que acontece muitas vezes.

Ugly Betty Ugly Betty Reviewed by Lucio Pozzobon on 21:57:00 Rating: 5