Reprodução/Divulgação

[Filme] A Noviça Rebelde

Olá pessoal!
Bem aproveitando a nossa promoção do filme “A Noviça Rebelde” em Blu-ray, vou fazer uma resenha sobre o filme!

CUIDADO! ESTA RESENHA CONTEM SPOILERS!

O enredo do filme acontece na Áustria, em plena época do Nazismo e que as pessoas eram reprimidas a fazer o que era escolhido pelo ditador.
No meio de tudo isso, uma noviça, Maria, quer tornar-se uma boa freira, mas com todos os seus atrasos, cantorias em momentos inapropriados e fugas do convento para cantar pelas montanhas, as superiores acham que ela deve viver uma nova experiência.

A partir disso, ela é enviada para a casa da dos Von Trapp, para ser a nova governanta (na verdade ela estava mais para babá, mas tudo bem). Quando chega a casa, é recebida pelo Capitão Von Trapp. Como oficial da marinha, sempre foi muito rígido e, após a morte de sua esposa, trata os 7 filhos como soldados. Maria pensou que seria difícil conviver com as crianças, até por que, seu estilo de vida era totalmente diferente do da família. Ela acreditava que as crianças deveriam se divertir e fazer o que estavam com vontade.

Aproveitando uma viagem do Capitão para buscar a Baronesa e tio Max, Maria leva as crianças para brincarem. Nesse primeiro dia ela resolve que quer ensaiar uma música com as crianças para elas cantarem quando a Baronesa chegasse. Aí que ela descobre que as crianças não conheciam nenhuma música, pois desde que a mãe morreu, o pai delas não permitia atitudes muito alegres dentro da casa. Com isso as crianças percebem a diferença que a música faz na vida delas e como elas podem ser mais felizes.

Quando o Capitão chega com a Baronesa e tio Max, ele fica apavorado com o que as crianças estão fazendo. Ou seja, ele não queria ver que as crianças poderiam se divertir e não esperava que Maria fosse conquistar as crianças tão rápido.

Depois de um tempo Maria percebe, com influencia da Baronesa, que está gostando do Capitão e que isso pode influenciar seu trabalho na casa ou como futura freira, por isso foge da casa sem se despedir e volta para o convento. Lá a Madre Superior a orienta e explica que quando o amor une duas pessoas, quer dizer que o destino permitiu isso. Maria não tem dúvidas e volta correndo, e cantando, para a casa dos Von Trapp.

Com sua volta, Maria e o Capitão declaram seu amor um ao outro, casam-se e quando pensam que vão conseguir manter sua família feliz, eles são surpreendidos com a repressão nazista, que quer obrigar ele a ir trabalhar em uma das bases marítimas. Ao tentar fugir são surpreendidos pelos militares e acabam acompanhando eles, até um festival de música, que tio Max inscreveu a família. No momento da premiação, eles fogem para o convento e as freiras colaboram com a fuga da família, que vai para as montanhas recomeçar a vida.

Depois disso, a vida dos personagens continuou, já que é baseado em uma história real. A família Von Trapp começou a rodar o mundo com turnês e encantando todo o público que ia assisti-los.


Bem pessoal, depois dessa longa resenha, tenho mais umas coisa a dizer. Não se fazem mais filmes como antigamente! Um filme que tem quase três horas, parecer que tem muito menos é incrível! Você esquece do mundo, você entra na história e consegue entender os que os personagens realmente estão querendo expressar. Hoje, temos filmes de uma hora e meia que são muito ruins e você não vê a hora que ele termine.

Outro ponto importante é que os atores não possuem mais a mesma qualidade. Antigamente era necessário que eles cantassem, dançassem e interpretassem. Anos de teatro colaboravam muito com o currículo. Hoje em dia esses atores são reconhecidos tardiamente e não são reconhecidos pelo trabalho que fazem. Ainda sobre esse assunto, quando um ator diz que dança, canta e interpreta, ele já satirizado em relação a sua opção sexual! Sem contar as pessoas, que afirmam que gostam de musicais, também são satirizadas. Acho que os engraçadinhos têm que notar que sem os filmes musicais e teatro musical, não teríamos muitas coisas que são abordadas nas telas hoje em dia.

Espero que tenha ficado boa a resenha e gostaria de comentários, sobre o filme e também sobre as piadinhas que os fãs de musicais recebem.

Até o próximo post! 

[Filme] A Noviça Rebelde [Filme] A Noviça Rebelde Reviewed by Lucio Pozzobon on 11:16:00 Rating: 5