Reprodução/Divulgação


"A Elite" é o segundo livro da série "A Seleção", escrito por Kiera Cass e lançado no Brasil pela Editora Seguinte. No primeiro livro conhecemos America, uma jovem de 17 anos que mora no país de Iléa e se inscreve para a seleção, um processo em que o príncipe vai escolher uma esposa, a futura princesa.

America já tinha um namorado, Aspen, e só se inscreveu na seleção para ajudar a família, já que as garotas selecionadas recebem uma ajuda de custo. Porém ela e Aspen tiveram uma briga antes dela entrar na seleção, e tudo muda quando America conhece o príncipe Maxon. Aos poucos a relação deles vai evoluindo e America se envolve romanticamente com o príncipe. O primeiro livro termina com Maxon escolhendo seis garotas da seleção, que farão parte da Elite, para só depois ele escolher a princesa. Ah, e o antigo namorado de America, Aspen, virou guarda do palácio e também está na disputa pelo coração dela.

Eu não gostei de “A Seleção”, e em alguns pontos “A Elite” foi melhor. Por exemplo, nesse segundo livro se fala muito mais sobre a história de Iléa e a causa rebelde. Há mais ataques rebeldes, ataques mais severos. Isso deu uma movimentada no livro. America chegou até a se “encontrar” com uma rebelde, porém elas não conversaram; espero que no próximo livro haja mais interação.

Outro ponto positivo para “A Elite” foi ter acontecido provas para testar as garotas. Eu tinha reclamado disso no primeiro livro, da falta de atividades para elas, e nesse segundo livro isso melhorou. As meninas tiveram que fazer duas provas, a primeira em grupo e a segunda individual. Um fato que ocorreu logo no começo da história - e eu não posso mencionar o que é para não dar spoiler - também veio bem a calhar. Se você acha que o país de Iléa é uma maravilha, a ideia da seleção é sensacional e são tudo flores, você vai descobrir que não é nada disso.

Em “A Elite” podemos ver melhor como são as leis do país e entender melhor a participação do príncipe Maxon no governo. Aliás, o príncipe é um personagem que eu não sou muito fã, todo certinho e responsável, e nesse livro podemos ver outros lados dele. Isso foi bastante positivo.

Agora vamos aos pontos negativos: A America é muito chata. Essa é a real. Já não gostava dela no primeiro livro, e agora ela ficou pior ainda. A cada problema que ela tinha com o Maxon ela já pensava “Acabou tudo. Vou sair e ser feliz com o Aspen. Afinal, eu terei sempre ele”. Aí as coisas se resolviam com o Maxon e ela pensava “Maxon é tudo que eu preciso. Não sei viver sem ele. Acho que eu consigo ser princesa”. Essa indecisão dela foi irritante.

Por causa disso, eu não sei o que esperar de “A Escolha”, terceiro livro da série. Sinceramente, acho que a America pode terminar tanto com o Aspen como com o Maxon. Mas antes disso, tem “Os contos da Seleção”. São três histórias, vistas pelo ponto de vista de Maxon, Aspen, e da rainha Amberly. Agora é esperar pra ver se mudo minha percepção da série.

'A Elite', de Kiera Cass 'A Elite', de Kiera Cass Reviewed by Desirée Soares on 10:57:00 Rating: 5