Reprodução/Divulgação

Esperar para Sempre | Crítica

Esperar para Sempre” (Waiting For Forever) é um filme com a Rachel Bilson, a eterna Summer de The O.C., e Tom Sturridge, de Piratas do Rock.

Durante a história conhecemos a vida de Will, um jovem-adulto que está voltando para sua cidade natal para encontrar Emma, sua paixão da infância que nunca foi superada. Na verdade essa paixão permanente ficou mais forte pela perda de seus pais quando era criança em um acidente de trem.

Depois que Will se mudou para a casa de seus tios eles conversavam por cartas e depois foram perdendo contato. Porém, Will ficou com essa paixão na cabeça e logo que se formou começou a perseguir ela para todos os locais que ela fosse secretamente. Doentio? Não, só amor.

Emma volta a sua cidade natal, pois seu pai está muito doente e queria ficar com ele nos últimos momentos de vida. Por um lado sua volta para casa também tinha outros motivos. Seu programa de TV tinha sido cancelado e também tinha brigado com seu namorado, que esse sim era doente. Ao descobrir que Will perseguia Emma, denunciou ele por um crime que ele próprio tinha cometido.


O filme é muito bom e tenho que ressaltar que é uma das primeiras comédias românticas que vejo sem beijo! É isso mesmo, parece estranho, mas os sentimentos expressados pelos personagens são mais fortes que as ações físicas.

Além disso, temos um elenco de apoio muito bom que traz um pouco de humor e drama para as situações do filme. Só um pequeno detalhe que não pode ser esquecido! Will está sempre de pijama!

Também fico aguardando alguma distribuidora brasileira lançar o filme para venda ou locação, pois ele é muito bom. Até posso ressaltar que para um filme de comédia romântica receber a nota 6.1 no IMDB não é nem um pouco fácil.


Espero que gostem da indicação e assistam!

Esperar para Sempre | Crítica Esperar para Sempre | Crítica Reviewed by Lucio Pozzobon on terça-feira, setembro 20, 2011 Rating: 5
comentários
DISQUS