Reprodução/Divulgação

E se você só tivesse 50% de chances?

O filme “50%” (50/50) é um filme totalmente impressionante e surpreendente. Primeiramente, em certos momentos o drama apresentado é tão bem desenvolvido, que parece que os problemas também são seus e você acaba “entrando nessa onda”.

Adam é um homem de 27 anos que sempre foi muito feliz com sua vida, emprego, namorada e amigos. Ele também fazia sempre corridas matinais e depois de um tempo começou a sentir dores muito fortes que cada vez mais pareciam piorar. Seu melhor amigo, Kyle, sempre insistia para que ele não se esquecesse de ir ao médico e sempre enviava boas energias ao amigo.

Na sua visita ao médico, descobre que tem um câncer raro e suas chances de sobrevivência são de 50%. Apesar de ser algo preocupante e delicado, Adam tenta levar sua vida o mais normal possível, convivendo seus amigos, e tentando consolar sua mãe, que acha que ele não vai se safar dessa se não for cuidado, alimentando, etc, por ela.

Claro que nem tudo é um mar de rosas, já que em uma das suas saídas com uma das suas milhares de pretendentes, Kyle, vai a exposição de Rachael, namorada de Adam, e descobre que ela está traindo ele. Claro que Adam não ficou deprimido, até aceitou sair com Kyle para conseguir algumas garotas usando a “cantada” que ele estava com câncer.

Adam teve uma grande aliada durante toda sua batalha, apesar de muitas brigas, Katherine, a psicóloga recém-formada, foi muito boa e prestativa para o momento que ele estava passando.


Recomendo que assistam, pois é um ótimo drama e, além disso, está concorrendo em muitos prêmios e acho q é um dos melhores filmes de 2011.

E se você só tivesse 50% de chances? E se você só tivesse 50% de chances? Reviewed by Lucio Pozzobon on quarta-feira, janeiro 04, 2012 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS