Reprodução/Divulgação

Os estereótipos de 'O Concurso'

O Concurso’ foi lançado logo após o grande sucesso do cinema brasileiro de 2013, ‘Minha Mãe é uma Peça’. O que mais atraiu o público para o filme foi o elenco, principalmente Fábio Porchat, um dos protagonistas da websérie ‘Porta dos Fundos’. Porém o problema do filme foi prometer um ‘Se Beber Não Case’ brasileiro.

O Filme conta a história de quatro concorrentes a uma vaga de Juiz Federal no Rio de Janeiro. Todos querem essa vaga para orgulhar sua família e mudar de vida. Só que o medo da prova faz com que eles busquem um gabarito com um anão do tráfico e a partir disso que os problemas começam.

Caio (Danton Mello) tem que escapar da prisão e livrar-se das dívidas com traficantes; Rogério Carlos (Fábio Porchat) entra em uma briga com drag queens e precisa mostrar que é ‘macho’ o suficiente para resistir às tentações; Bernardinho (Rodrigo Pandolfo) precisa resolver seus problemas amorosos da adolescência com Martinha Pinel (Sabrina Sato) e Freitas (Anderson Di Rizzi) precisa se livrar de sua alergia a gatos e buscar ajuda com um pai de santo.

O enredo do filme não é confuso, mas totalmente previsível, assim como todos os estereótipos dos personagens. Digo que a única surpresa do filme foi interação do casal interpretado por Sabrina Sato e Rodrigo Pandolfo. Eles tiveram as cenas mais engraçadas, pois fugiam um pouco do convencional do filme.

E o ruim, é que novamente, as partes mais engraçadas do filme foram adicionadas ao trailer.

Os estereótipos de 'O Concurso' Os estereótipos de 'O Concurso' Reviewed by Lucio Pozzobon on terça-feira, agosto 06, 2013 Rating: 5
comentários
DISQUS