Reprodução/Divulgação

'Minha Mãe É Uma Peça', de Paulo Gustavo


"Minha Mãe É Uma Peça" é o primeiro livro do ator e comediante Paulo Gustavo, e reúne crônicas sobre a vida de Dona Hermínia, personagem fictícia inspirada na mãe do comediante, lançado pela Editora Objetiva.

O livro é em primeiro pessoa, e logo no começo Dona Hermínia já explica que não é qualquer um que consegue ter a vida transformada em livro não. Segundo ela, primeiro é preciso ver se sua vida dá pra ser transformada em uma peça de teatro, depois, em um programa de TV. Se deu tudo certo, é hora de pensar se dá pra fazer um filme sobre sua vida. E aí por último, sua vida pode virar um livro.

E foi assim que aconteceu com o Paulo Gustavo, que estreou com "Minha Mãe É Uma Peça" no teatro em 2006, inseriu a Dona Hermínia em '220 Volts', do canal Multishow, em 2011 e lançou em 2013 o filme, e agora escreveu um livro.

Se você conhece o filme, ou já viu a peça, provavelmente vai gostar do livro. Dona Hermínia conta principalmente histórias sobre seus filhos, Marcelina e Juliano, como o dia em que tentou arranjar um emprego para o filho, ou a vez em que a filha foi fazer rapel. Tudo com o humor característico da personagem e seu jeitão mãe de ser.

A personagem também dá dicas ao leitor, como por exemplo, como manter seu ex-marido por perto, e um guia de viagem, em que relata suas experiências com viagens internacionais, com pequenos conselhos sobre o que o brasileiro pode ou não fazer quando estiver viajando.

Os capítulos são curtos, e alguns são ilustrados com fotos do filme e da peça. Achei bacana terem colocado fotos, mas inseridas no meio dos capítulos, ficou um pouco desnecessário; poderiam ter posto as imagens apenas no final, ou no meio do livro. Além disso, também há algumas ilustrações de "recortes de jornal", "panfletos" e até notificações do facebook.

Um detalhe, é que são histórias antecedentes à cronologia do filme. Supõe-se isso porque Dona Hermínia em momento algum fala do neto, filho de Garib, seu primogênito. Além disso, o sobrinho dela é citado em uma das crônicas, e no filme mostra que ele morreu. Seria interessante mostrar o que aconteceu depois do filme, com Dona Hermínia sendo avó; com certeza renderia boas histórias e muitas risadas. Mas provavelmente veremos isso na sequência do filme, que está prevista para chegar aos cinemas em 18 de junho de 2015.

Resumindo, quem não está acostumado a ler, mas se divertiu com o filme e/ou a peça, vai adorar, pois é livro para uma tarde, com risadas garantidas. Se você não conhece nem a peça e nem o filme, também dá pra ler e se divertir, mas a experiência será melhor se você conhecer e imaginar Dona Hermínia na interpretação de Paulo Gustavo.

'Minha Mãe É Uma Peça', de Paulo Gustavo 'Minha Mãe É Uma Peça', de Paulo Gustavo Reviewed by Desirée Soares on segunda-feira, março 16, 2015 Rating: 5
comentários
DISQUS