Reprodução/Divulgação

Um papo com Raony Phillips sobre o livro da Duny: 'Meu Livro. Eu que Escrevi'


Na última terça-feira (25/07), a Editora Intrínseca convidou os parceiros para acompanhar e participar de um papo com Raony Phillips, o criador da websérie do YouTube, 'Girls In The House'. Aí você pergunta: qual a relação da Intrínseca com 'Girls In The House'?

É que a Duny, a personagem principal da websérie está lançando seu primeiro livro, 'Meu Livro. Eu que Escrevi'.

De acordo com Raony, o livro tem páginas coloridas, fotos da Duny e títulos de cada capítulo em inglês, assim como na série. O humor e ironias característicos da personagem foram mantidos, afinal, o livro é quase uma "autobiografia". Ele comentou que 
é ótimo poder lançar um livro com a mesma linguagem. As histórias vão se complementar, mas são experiências diferentes. Na série o texto é em 3ª pessoa e no livro é 1ª pessoa.
Para escrever como Duny, Raony contou que foi necessário entrar na personagem para escrever como ela, pensar como a Duny e principalmente escutar sua voz na mente. E isso é algo que o leitor vai encontrar no livro, a voz da personagem, e todas as características que apresenta na série, principalmente seus bordões. E Raony comentou que ainda acha estranho ver as falas das personagens fazendo parte de diálogos da vida real. Sempre que escuta toda um susto.


Falando sobre a produção da série no YouTube, Raony comentou sobre a influência da série 'Desperate Housewives' na criação de 'Girls In The House' e também que o final da série já está planejado, porém não sabe quando vai acontecer. Afinal, é uma série de humor e isso permite alongar e adicionar fatos quando necessário.


Sobre suas influências de dublagem, ele conta que sempre gostou de desenhos animados, e seus favoritos eram Hanna Barbera e os principais desenhos de Fox Kids (que depois virou Jetix e atualmente é o Disney XD). 
Meu sonho sempre foi produzir desenho animado, mas não dublar. A dublagem aconteceu e foi algo que deu muito certo, principalmente por falar muito sozinho em casa. Ainda não recebi nenhum convite para dublagem fora da série, mas ser acontecer vai ser ótimo participar.
Sobre seu processo de criação, Raony contou que para construir as cenas da série não precisa só de um storyboard, preciso saber se o 'The Sims' tem as funcionalidades necessárias para a criação. Sem contar que os personagens nem sempre ficam como esperado. Algumas vezes ele precisa pesquisar e adaptar cenas para funcionar como imagina. Raony afirma que
é um desafio surpreender o público, mas é importante saber que aquele conteúdo é meu, criado por mim, controlado por mim.
Raony contou que, além de sua carreira musical, tem novos projetos para o YouTube, mas sem prazo de lançamento: 
'Demônia', é uma série sobre uma mulher que encaminha as pessoas para o inferno, como uma assistente social. Diz onde as pessoas erraram e porque vão ser levadas pra lá.
Finalizando, Raony avisou que 'Meu Livro. Eu que Escrevi' vai ganhar turnê de autógrafos pelo Brasil e as datas serão divulgadas em breve nas redes da Editora Intrínseca. E você está ansioso para o livro da Duny?


Compre 'Meu Livro. Eu que Escrevi'

Um papo com Raony Phillips sobre o livro da Duny: 'Meu Livro. Eu que Escrevi' Um papo com Raony Phillips sobre o livro da Duny: 'Meu Livro. Eu que Escrevi' Reviewed by Lucio Pozzobon on quinta-feira, julho 27, 2017 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS