Reprodução/Divulgação

Absentia - 1ª Temporada | Crítica


'Absentia' é a nova série de drama da Sony Pictures/AXN (no Brasil pelo Crackle) produzida por Stana Katic (Castle) com o roteiro de Matt Cirulnick (South Beach) e Gaia Violo.

A série conta a história da agente do FBI Emily Byrne (Stana Katic, Castle) que foi sequestrada, torturada e dada como morta enquanto investigava um serial killer, Conrad Harlow (Richard Brake, Supernatural) e descobre uma rede de prostituição e tudo tornou-se complicado demais.

Anos depois Nick Durand (Patrick Heusinger, Jack Reacher) seguiu em frente, casando-se com Alice (Cara Theobold, Downton Abby) tornando-se a nova mãe de Flynn (Patrick Mcauley, Invocação do Mal) e assim constituindo uma família. Seis anos se passaram e Nick recebe uma ligação de Harlow informando que ele tem uma segunda chance e poucos minutos para salvar a vida de Emily.

Uma equipe do FBI é acionada e juntos eles vão até a cabana que o serial killer usava para matar as vítimas, chegando ao local um grande tanque de água é encontrado e Emily está dentro dele. Após o resgate Emily passa por vários exames, ela não lembra de nada dos últimos anos. Existem apenas alguns fragmentos de memória, onde ela foi torturada por uma pessoa que usava máscara.


A volta milagrosa de Emily na realidade parece um pesadelo. Sua vida e sua família foram roubadas nos últimos anos. Sem emprego, sem lugar para morar, ainda precisa lidar com o filho não a reconhece como mãe. Emily tenta ao poucos digerir tudo que está acontecendo. Seu pai e irmão sofreram muito sua perda, principalmente o irmão que perdeu o emprego e a licença de médico.

Ela começa a fazer terapia pois, além de traumatizada, ela é atormentada por pesadelos. Essas sessões a ajudam a lembrar um pouco mais da sua infância difícil. Apesar de tudo ela é forte e faz questão de ajudar Nick nas investigações do FBI, apesar da ser constrangedor dividir o espaço de trabalho novamente.


Stana Katic está maravilhosa no papel, sentimos suas dúvidas, medos e  tristeza na personagem. Ela já fez o papel de uma agente do FBI em 'Castle', mas nesse consegue mostrar o quanto os personagens são diferentes. Os episódios avançam e mostram como era o passado de Emily e que tipo de agente ela era. Stana e Patrick tem muita química em cena. Não é forçado um romance entre eles ou uma tentativa de retorno imediato, tudo segue naturalmente e entendemos a mistura de sentimentos dos personagens.

Então em determinado momento você espera que venha aquela reviravolta que vai mudar todo o rumo da trama e pela primeira vez essa mudança é totalmente desnecessária. Logo no começo a trama segue para uma outra linha de raciocínio, a linha mais clichê onde as ações de Emily são questionadas e colocadas em prova. Nota-se uma tentativa forçada de enganar o espectador. O suspense permanece, porém o roteiro cai na própria armadilha e somos apresentados a só mais uma série com um serial killer e um crime não resolvido.


'Absentia' tem seus pontos positivos, carrega um bom suspense, um ótimo elenco e personagens fortes e bem desenvolvidos. Temos algumas boas cenas de ação e perseguição policial, tudo misturado nessa receita de bolo onde falta a cereja para finalizar.

Nos dias de hoje existem várias séries do mesmo gênero, 'Absentia' tinha tudo para chamar a atenção com sua premissa e com o belo piloto de apresentação, porém faltou a ousadia e aprofundar mais na trama que foi apresentada e não desviar para o caminho mais fácil.

Para quem gosta de suspense policial, recomendo essa série, apesar de ter acompanhado poucas do gênero. A 1ª temporada tem apenas 10 episódios e foi renovada para 2ª temporada, tornando-se agora uma produção original da Amazon Prime Video, ainda sem previsão de estreia.

Absentia - 1ª Temporada | Crítica Absentia - 1ª Temporada | Crítica Reviewed by Cintia Milanez on segunda-feira, maio 21, 2018 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS