Reprodução/Divulgação

'A Aposta', de Rachel Van Dyken


"A Aposta", de Rachel Van Dyken, é o primeiro livro de uma trilogia, publicado no Brasil pela Suma de Letras.

O livro começa em 1997, durante uma briga entre os irmãos Jake e Travis Titus quando tinham 6 e 8 anos, respectivamente. Eles discutiam por Kacey, a garotinha por quem os dois eram apaixonados, e fizeram uma aposta, pra saber com qual dos dois ela ia se casar. Daí o título do livro.

O tempo passou e Kacey cresceu como a melhor amiga de Jake, tendo até mesmo namorado com ele na época da escola. Porém, aconteceu algo no começo da faculdade que mudou a relação deles, e hoje são apenas colegas. Esse "segredo" vai sendo revelado aos poucos, e passamos a entender por quê Kacey está tão magoada com Jake.

Jake volta para a vida de Kacey no dia em que pede para ela fingir ser sua noiva, pois seria bom para a imagem dele. Jake é herdeiro de uma grande fortuna e comanda uma empresa, porém tem fama de playboy que pega todas as mulheres. Um noivado com uma boa moça deixaria a imagem dele mais limpa, e já que ele se oferece para pagar o restante dos estudos de Kacey, ela acaba aceitando.

Já Travis foi sempre "o pestinha", como Kacey o apelidou, durante a infância. Puxava o cabelo dela, queimava sua boneca, colocava sapos em seu saco de dormir, etc. O que ela nunca soube é que na verdade ele sempre foi apaixonado por ela, e fazia tudo isso para tentar ser o herói de Kacey.

Quando Kacey aceita fingir ser noiva de Jake, ela volta para sua cidade natal, e consequentemente revê Travis. Assim, as coisas mudam e ela acaba se envolvendo com o irmão mais velho e ela precisa descobrir de quem gosta de verdade.

Agora dando minha opinião sobre a história, achei os personagens bem imaturos. Eles tem 22/23 anos, mas parece que estamos lendo um livro com personagens de 15/16 anos. Na verdade são personagens que se acham "OS" adultos, mas ainda tem atitudes de adolescentes. Fora que são clichês; o galinha, a boa garota e o tímido-que-sempre-foi-apaixonado-pela-amiga.

Porém, o que mais me irritou foi a forma de escrita da autora. Em um mesmo parágrafo, temos o pensamento de Kacey e Jake ou Kacey e Travis. Em alguns momentos eu fiquei perdida sobre quem estava pensando aquilo. Às vezes era a fala de um, mas com o pensamento do outro em seguida. Isso me deixou bem confusa, e precisei reler várias passagens. Fora que alguns trechos eram em 3ª pessoa e outros em 1ª; parecia que a autora não conseguiu se decidir e acabou misturando tudo.

Outro ponto, é que tudo acontece muito rápido. A história se passa em 4 dias, que mais parecem um mês, de tanta coisa que aconteceu. Achei um pouco forçado, as coisas poderiam ter ido mais devagar, como na vida real.

"A Aposta" é um livro com muito drama pra pouca coisa, e com bastante romance meloso, do tipo "Onde você estava a minha vida toda?". Mas se você gosta desse tipo de coisa, vai fundo. Se não, pelo menos irá se divertir com a vovó Nadine, a personagem mais legal e mais sincera da história.

P.S.: Eu sou do time que não gosta de capas com pessoas, mas essa eu achei bonita, e inclusive é a original. Pena que Kacey é morena, e colocaram uma modelo loira.

'A Aposta', de Rachel Van Dyken 'A Aposta', de Rachel Van Dyken Reviewed by Desirée Soares on segunda-feira, março 23, 2015 Rating: 5
comentários
DISQUS