Reprodução/Divulgação

Dos livros para as telas: 'Um Dia' e 'Histórias Cruzadas'

Quem acompanha o All POP Stuff, já deve ter visto as resenhas de “Um Dia” e “A Resposta”. Bem, como a maioria deve saber os dois livros receberam versões cinematográficas esse ano e não poderia deixar de fazer um comentário sobre elas.

A versão de “Um Dia” trás o básico da história de Emma e Dex e apresenta o mesmo estilo de enredo apresentado no livro. Todas as histórias se passam no dia 15 de julho durante vinte anos. O filme consegue ilustrar perfeitamente as passagens mais importantes do livro e isso aconteceu, principalmente, pela ótima interpretação de Anne Hathaway e Jim Sturguess. Claro que um detalhe muito importante, é que o autor do livro estava diretamente envolvido com o roteiro, direção e produção do filme. Isso ajudou muito a deixar o filme cheio de detalhes e provavelmente quem não leu o livro, vai querer ler para conhecer um pouco mais dessa história.


A versão de “A Resposta” ganhou no Brasil (e em grande parte do mundo) um nome diferente. Aqui ficou “Histórias Cruzadas”, só que é bom lembrar que o filme ainda não lançou por aqui, pois a querida Disney resolveu deixar para Fevereiro. Porém é só recorrer ao nosso amigo Google que ele ajudará bastante a ter acesso ao filme.
O filme mostra o objetivo do livro, apresentar como as empregadas domésticas eram tratadas e como elas acabavam aceitando as ordens de suas patroas (muitas vezes das amigas ricas delas). As personagens ficaram muito bem caracterizadas e a riqueza nos detalhes, comparada ao livro, foram muito grandes! Também não posso de esquecer a grande interpretação de Emma Stone, que saiu um pouco das comédias adolescentes para assumir um papel mais sério e posso afirmar que ela conseguiu mostrar um talento ainda maior do que foi exibido em “A Mentira”. As domésticas principais Aibileen (Viola Davis) e Minny (Octavia Spencer) também conseguiram mostrar um potencial emocional, e as vezes humorístico, muito bom. Só achei que a personagem de Minny não estava tão desbocada como no livro, mas suas atitudes continuaram as mesmas, principalmente na parte do “bolo especial” para a Hilly Holbrook.


Só sei que recomendo os dois filmes e os livros mais ainda.

E é bom lembrar LIVRO é LIVRO, FILME é FILME e apesar de serem adaptações nunca será possível adaptar de acordo com nossa imaginação.

Dos livros para as telas: 'Um Dia' e 'Histórias Cruzadas' Dos livros para as telas: 'Um Dia' e 'Histórias Cruzadas' Reviewed by Lucio Pozzobon on 21:57:00 Rating: 5