Reprodução/Divulgação

Colin Fischer, de Ashley Edward Miller e Zack Stentz


Dentre os lançamentos da Editora Novo Conceito, temos o incrível livro "Colin Fischer", de Ashley Edward Miller e Zack Stentz. No livro aprendemos muito que viver com as diferenças é importante e por muitas vezes saudável à mente e espírito.

Colin Fischer é um garoto de 14 anos que mora com seus pais e seu irmão Danny, de 11 anos. Ele tem Síndrome de Asperger, que o faz ter problemas de relacionamento com as pessoas, principalmente por não conseguir expressar muito bem suas emoções ou conseguir lidar com situações um pouco mais difíceis. Outro ponto é que Colin odeia azul, não gosta que o toquem sem avisar ou se ele não der a liberdade e muito menos de sons altos.

No primeiro dia do novo ano escolar e nova fase da vida, já que está entrando no Ensino Médio, Colin segue para escola, junto com seu caderno de anotações, já que tudo o que vê, pensa ou conversa com as pessoas é registrado ali.

Só que não pense que este é um diário. É na verdade um organizador de fatos. Ali ele consegue colocar todas as suas dúvidas e registrar como está o temperamento de cada pessoa que conversa para que mais tarde possa unir as informações e tirar conclusões mais concretas. Essa sede de busca pela informação vem da sua paixão por Sherlock Holmes, que considera como um grande herói e usa seus ensinamentos para buscar tudo o que tem dúvida e, se possível, ajudar os outros. 

Mesmo com alguns problemas de relacionamento na escola, o garoto consegue destacar-se nas aulas, já que é muito atencioso e sabe as respostas na ponta da língua. Só que um dia, durante o almoço no refeitório, uma arma é disparada. Por sorte, ninguém ficou ferido, mas Colin foi um dos últimos a sair do espaço e teve que reparar nas principais evidências.

Assim que a Polícia o interrogou, ele percebeu que precisava colaborar de alguma forma, pois Wayne - o primeiro suspeito - estava sendo acusado de algo que não fez, mesmo que ninguém acreditasse nessa afirmação de Colin. E foi assim, que usando sua mente super potente e os fatos coletados em seu caderno ele mostra que apesar de todos os seus "problemas" ele pode ajudar a concertar muitos erros.

Colin consegue te envolver na história. Muitas vezes parei e fiquei pensando nas informações que ele passava e via que muito de seus fatos faziam todo sentido. E um detalhe muito importante é que nada passa dos olhos de Colin e isso é relatado para o leitor na forma de notas de rodapé. E não pense que são notas do tradutor, são do Colin mesmo. Muitas curiosidades acabam tornando-se novidades para o leitor.

O livro no início pode parecer parado, mas acho que é importante esse momento para conhecermos bem os personagens e tentarmos desvendar o mistério junto com Colin. A partir da segunda parte, a história corre muito e não tem como parar de ler. Eu fiz a leitura das 176 páginas em dois dias, mas pode ser lido em muito menos tempo.  Recomendo muito a leitura desse livro e espero que em algum momento ele ganhe uma versão para os cinemas, pois é uma história curta que renderia um bom entretenimento para a família.

Chegando as questões gráficas, a Novo Conceito manteve a estrutura de capa e títulos dos capítulos, mudando só um pouco a estrutura inicial de cada, que na versão original é apresentada em pedaços de folha de caderno. Além disso, na versão brasileira não tivemos a apresentação de Lev Grossman - autor de "Os Magos" - e nem os agradecimentos finais dos autores, mas não é nada que interfira na história. De qualquer forma, você pode conferir estas partes no site da Amazon (em inglês).

O livro já está disponível nas melhores lojas e você pode conferir os menos preços aqui.

Colin Fischer, de Ashley Edward Miller e Zack Stentz Colin Fischer, de Ashley Edward Miller e Zack Stentz Reviewed by Lucio Pozzobon on segunda-feira, abril 21, 2014 Rating: 5
comentários
DISQUS