Reprodução/Divulgação

Motivos para desapegar (ou não) dos livros

Partindo de uma conversa com uma amiga percebi como eu não tenho dificuldade em desapegar de itens materiais, como por exemplo, os livros. Desculpe se você que está lendo pense: "Meu Deus, que louca. Como assim?". Eu já fui uma pessoa mais apegada quando adolescente, hoje em dia, quando leio certo livro e não me agrada eu troco, vendo ou simplesmente faço uma doação.

É válido renovarmos a biblioteca assim como refazemos metas em nossas vidas. Pelo menos uma vez ao mês eu realizo uma limpeza na minha estante. Tornou-se um hábito e hoje em dia não me sinto culpada. Eu pensava que se fizesse isso, iria me arrepender e choraria pensando: O que eu fiz! (bem dramática).

Mas me veio o questionamento:
por que é tão difícil para algumas pessoas desapegarem?

1. Egoísmo: o ser humano em algum momento da vida demonstrará seu lado egoísta. Uma amiga me disse: “Mesmo que a história não seja tão boa e não ter gostado do livro, não quero doar para outras pessoas”.

Preciso

2. O famoso apego às capas: “As capas são tão bonitas, apesar das histórias não serem maravilhosas, e não irei desapegar NUNCA”.

Eu só quero ler a história mais bonita

3. Coleções: conheço pessoas que não desapegam dos livros pois querem montar coleções. Sabe aquele sonho que todo leitor possui de ter aquela estante enorme abarrotada de livros com simplesmente todos os livros daquela mesma série em vários idiomas ou capas. 


4. O prazer e o vicio: não desapegar pelo prazer de ter os livros arrumados de maneira bonita na estante. E ainda tem o ciclo vicioso de “tenho e quero mais”. Um vício bom, mas se não tiver cuidado pode se tornar um problema, chegará um momento em que você será obrigado(a) a realizar o desapego para ter espaço.

Eu estou viciada e eu simplesmente não me canso

Mas desapegar também é bom.
E vou listar alguns motivos:

1. Abertura de espaço: um dos motivos dos meus desapegos é que quando faço, já sei que no espaço aberto entrará um novo livro. E estou optando por livros favoritos e amados.


2. Doar para instigar o gosto da leitura em outras pessoas: ler nunca é demais. Muitos deles podem doados para instituições, bibliotecas ou projetos. Eu sei que alguém irá ler o livro e se apaixonar pela mesma história que eu.

Honestamente, vocês leem?

3. Vender e comprar novos: ultimamente me vi obrigada a vender alguns da minha coleção para comprar livros literários e didáticos (específicos para concursos). Mesmo que não queira, ás vezes é necessário.


4. Trocas: existem vários grupos no Facebook onde você pode trocar livros com outras pessoas, temos também o Skoob ou até mesmo com seus amigos. Outra opção são os sebos virtuais onde você pode vender ou trocar por outros livros.

Você tem algum livro sobre fazer amigos?

Motivos para desapegar (ou não) dos livros Motivos para desapegar (ou não) dos livros Reviewed by Caroline Freitas on 14:23:00 Rating: 5