Reprodução/Divulgação

'Tormenta de Fogo', de Brandon Sanderson


Meu nome é David Charleston. Eu mato pessoas com superpoderes.
A vida de David Charleston não poderia estar melhor agora, neste mundo distópico, onde seres humanos com poderes insanos continuam matando e destruindo qualquer coisa ao alcance. Depois de anos estudando os "Épicos" (como os humanos superpoderosos são chamados agora), aprendendo como seus poderes funcionam, mas mais importante ainda quais são suas fraquezas e como derrotá-los. Agora ele é um membro da organização secreta conhecida como "Os Executores", à única que pode ficar entre os Épicos e a destruição total do planeta.

Brandon Sanderson novamente me levou por uma aventura em uma cidade diferente, com muitos épicos novos, desafios insanos, cenas de ação de tirar o folego, e mistérios ainda mais intrigantes. Isso é mais que suficiente pra fazer você ler 'Tormenta de Fogo'.

Assim como em 'Coração de Aço', o desenvolvimento da história parece não tem fim nos 70% iniciais do livro e no restante, uma tempestade de eventos se desenrolam duma forma que você fica pensando: "Poderia ser mais balanceado essa narrativa aqui".

O enredo ainda é impressionante, mas durante certos trechos, me peguei desejando mais confrontos entre os personagens que vão surgindo. Talvez um pouco da síndrome do livro intermediário? Não sei.

Mesmo querendo cenas de ação, aqui a narrativa mais lenta contribui para o desenvolvimento da história e os plots que o livro entrega ao longo da história. Vemos o crescimento de David que mesmo tendo derrotado Coração de Aço no livro anterior, continua um geek adorável e com um poder de persuasão que chega a causar medo nas pessoas. Por outro lado, sua ingenuidade é algo que ele parece não perder, então temos aquele personagem sendo moldado pelos acontecimentos da vida e amadurecendo com isso, e ainda assim, com resquícios de um jovem tentando se adaptar em um mundo onde nada, praticamente, faz mais sentido.

A premissa é muito divertida. Temos uma vibe de super-heróis empolgante e até nostálgica, sem ser previsível ou sem brilho. As reviravoltas são inúmeras e os planos nunca param de dar errado, e a imprevisibilidade dos atos de David que dão o entusiasmo ao livro. Você quer saber: "O que esse louco vai fazer agora?"

Vemos que Sanderson se preocupa em expandir o mundo criado em 'Coração de Aço', pois no segundo livro, temos uma enxurrada de informações sobre os épicos: de onde vieram seus poderes? Suas fraquezas que parecem aleatórias, o que realmente conduz e os motiva?

A dinâmica entre Seres humanos versus Épicos e a forma que cada um decide viver nesse mundo totalmente de ponta cabeça cria uma solidez e consistência que só confirmam o quão ótimo contador de histórias Sanderson é.

Temos então um segundo livro que cativa, te prende do inicio ao fim, mas sabemos que Sanderson pode muito mais em seu poder narrativo e esperamos assim, ansiosos pelo terceiro livro da série, lançada no brasil pela Editora Aleph.

Compre 'Tormenta de Fogo'

'Tormenta de Fogo', de Brandon Sanderson 'Tormenta de Fogo', de Brandon Sanderson Reviewed by Marko Miller on 17:27:00 Rating: 5