Reprodução/Divulgação

'Noturno', de Scott Sigler


'Noturno' é mais uma excepcional publicação da DarkSide Books, a queridinha dos booklovers que amam livros em capa dura.

Passeando por uma livraria de São Paulo me deparo com aquela capa chamativa, ao ler a sinopse, foi questão de segundos pra decidir que precisava desse livro!

O livro foi escrito por Scott Sigler, um autor best-seller do New York Times, já escreveu 15 livros, 12 novelas, vários contos e um grande fã de Stephen King (e quem não é?).

'Noturno' é um livro de suspense policial urbano, misturando um pouco de fantasia com muito sobrenatural. Na história, acompanhamos Bryan e Pookie, detetives da divisão de homicídios da policial de São Francisco e nessa jornada eles se veem investigando assassinatos misteriosos e brutais. Até aqui, OK. São detetives da divisão de homicídios, é obvio que vão enfrentar coisas do tipo.

Mas a situação se complica quando Bryan começa a ter sonhos estranhos nos quais ele presencia os assassinatos, como se os visse pelos olhos do assassino. No outro dia, quando ele chega no tal lugar com seu parceiro, ele presencia o inesperado. O crime realmente aconteceu de uma forma brutal. Bryan ainda é conhecido como exterminador onde trabalha por ter uma conduta, digamos, rígida demais e por ter matado em serviço. Com isso ele também se torna um dos suspeitos dos crimes pela polícia.

Mas o que está acontecendo? Bryan está ficando louco? Ele tem dupla personalidade? Que mistérios se escondem nessa trama?

O livro é repleto de referências, e como já dito no início do texto, vemos muito de King em sua narrativa, e isso é ótimo! Pegamos vários elementos de 'O Silêncio dos Inocentes' e um pouco de Chuck Palahniuk. Contando com vários protagonistas, temos vários pontos de vista, e isso acaba enriquecendo ainda mais a trama, pois além de uma visão geral do que está acontecendo na cidade, você pode acompanhar detalhes que apenas cada personagem consegue enxergar.

Muitos autores acabam se perdendo ao tentar trabalhar com vários visões de personagens, mas aqui vemos a maestria na escrita de Sigler por conseguir manter todas essas perspectivas conectados e complementares uma a outra.

Horror psicológico só funciona se você se liga emocionalmente com os personagens, e com sua construção detalhada. O livro é realmente longo (512 páginas), mas eu não vejo problema nisso, quando se é algo bem construído. Você realmente se importa com o destino daquelas pessoas, quer saber porque aquilo está acontecendo e qual será o desfecho preparado pra cada um.

O livro trechos pesados, e alguns podem não gostar dessa parte, pois existem cenas onde tudo é muito detalhado, sujo. Se você já assistiu 'Penny Dreadful' ou 'True Blood', já estará preparado para isso.

Repleto de ação, envolvendo muito mistério e sobrenatural, com personagens cativantes, 'Noturno' é o tipo de livro que após a primeira página, é impossível largar.

Compre 'Noturno'

'Noturno', de Scott Sigler 'Noturno', de Scott Sigler Reviewed by Marko Miller on sexta-feira, junho 22, 2018 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS