Reprodução/Divulgação

'Uma Casa no Fundo de Um Lago', de Josh Malerman


Confesso que retornar as narrativas de Josh Malerman é sempre algo interessante. 'Caixa de Pássaros' conseguiu me surpreender e fez com que criasse expectativa para novas leituras do autor.

'Uma Casa no Fundo de Um Lago', lançado pela Intrínseca, é uma ótima escolha para quem quer fazer uma leitura rápida. Em 180 páginas acompanhamos a história de dois adolescentes que encontram uma casa no fundo de um lago. Inicialmente achei que iria acompanhar um suspense, mas o fim mostra que o autor apostou em um drama psicológico, em que você pode tomar certas decisões ao imaginar o fim da história.

Os personagens principais são James e Amélia que, aos dezessete anos, começam a entender sobre o amor, relacionamentos e desejos. Apesar de muito simples, o autor apresenta um romance que foge dos habituais jantares, sessões de cinema, e os leva para um passeio em no lago.

Nessa exploração, eles vão além dos limites que normalmente as pessoas conheciam, e assim os dois encontram uma região do lago não explorada, à principio. Por lá encontram uma casa afundada o que atrai a curiosidade e vontade de descobrir como ela chegou lá e quem esteve por ali.
Nós encontramos um lugar perigosamente mágico.
Um lugar para se apaixonar. (p. 150)
Após analisarem a situação e perceber que sem equipamento apropriado eles nunca visitariam a casa por muito tempo, os dois vão em busca de equipamentos adequados e até constroem uma balsa para ser um melhor apoio aos dois durante essa jornada, que não tinha tempo para acabar.
Nós enlouquecemos, pensou James.
Enlouquecemos de amor. (p. 137)
O livro traz inúmeras metáforas, principalmente conectando o primeiro amor e a construção de relacionamentos, que estão diretamente ligados com a casa e a importância que ela tem para James e Amélia no momento. Certamente uma das mensagens que o autor é que uma relação duradoura precisa ser construída, assim como uma casa, mesmo que em muitos momentos não sabemos se a casa é real ou não.

Apesar de termos um final aberto e possibilitando inúmeras possibilidades a imaginação do leitor, faltou passar um direcionamento para não ter um final tão largado. Você provavelmente vai ler as últimas páginas mais de uma vez tentando encontrar algo que possa ter ficado para trás para conectar tudo o que leu.

O livro tem uma cara de roteiro de filme, que eu não duvido que essa tenha sido a ideia original para a história e acabou sem sequência de projeto. Afinal a visão dos personagens é muito imagética, e um filme ajudaria muito a entender vários momentos da história, principalmente seu fim.

Porém, nada sai da minha cabeça que esse livro é um relato de seu relacionamento com Alisson, citada na epígrafe/agradecimento do livro. Imagino que seja uma descrição metafórica de alguma dificuldade que sofreram antes ou durante o relacionamento.

A análise final é: não é o melhor livro do autor e sem dúvidas gostaria e saber o que realmente aconteceu aos personagens. Se você não quer uma decepção, principalmente quando a história chega ao seu grande ápice do suspense (que é como o livro é categorizado), não é a melhor opção de leitura.

'Uma Casa no Fundo de Um Lago', de Josh Malerman 'Uma Casa no Fundo de Um Lago', de Josh Malerman Reviewed by Lucio Pozzobon on segunda-feira, agosto 13, 2018 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS