Reprodução/Divulgação

'Homem Aranha: No Aranhaverso' captura a essência do personagem


Todo mundo ficou surpreso com o anúncio de 'Homem Aranha: No Aranhaverso', seu primeiro longa de animação que chegaria aos cinemas antes de 'Homem-Aranha: Longe de Casa', que chega aos cinemas em 04 de julho.

Com um trailer fantástico, um elenco de voz e um conjunto de personagens muito diversificado, as expectativas eram obscenamente altas. Tenha certeza de que ele não apenas atende, mas excede em quase todos os aspectos. Há muito a digerir aqui, e há uma tonelada de easter eggs para caçar.

Para não correr o risco de dar algum spoiler, tudo o que o público precisa saber é que o adolescente Miles Morales (🇺🇸 Shameik Moore | 🇧🇷 Cadu Paschoal) é picado por uma aranha radioativa e começa a desenvolver poderes que, até então, só estavam disponíveis para o único Homem-Aranha (🇺🇸 Chris Pine | 🇧🇷 Manolo Rey).


Fisk/O Rei do Crime (🇺🇸 Liev Schreiber | 🇧🇷 Guilherme Lopes) investiu uma fortuna em um dispositivo que abrirá uma brecha entre as dimensões, mas inadvertidamente invoca vários Spiders de outras cinco dimensões que devem unir forças com Miles para impedir que a Fisk Corporation abra a fenda novamente e acabe destruindo toda a cidade de Nova York.


'Homem Aranha: No Aranhaverso' é um deleite para os olhos, ouvidos e emoções. É uma animação diferente de tudo que já foi feito. São quase duas horas de filme totalmente justificáveis, nunca se arrastando ou se tornando monótono. Mesmo os pequenos momentos de silêncio entre heróis ou pai e filho têm seriedade e impacto e puxam as cordas do coração, tanto quanto as cenas de ação vão fazê-lo acelerar.


Mas além de tudo isso, este é facilmente o melhor e mais preciso filme de quadrinhos feito desde Scott Pilgrim. 'Homem Aranha: No Aranhaverso' está ciente de que é um filme de HQs enquanto as palavras e os balões de pensamento aparecem no fundo, mostrando as emoções de Miles e executando o diálogo interior enquanto o ator executa as falas. É como se as páginas dos quadrinhos ganhassem vida na tela.

É uma obra-prima em animação e define um nível incrivelmente alto para qualquer filme de quadrinhos ou Homem-Aranha que possam vir no futuro. Não só captura a essência do que é ser o Homem-Aranha, como equilibra perfeitamente a ação, o coração, a comédia e a emoção de uma maneira nunca antes vista.

Este não é apenas o melhor filme de quadrinhos e Homem-Aranha de todos os tempos, é também, de longe, um dos melhores filmes do ano (e ele só começou).

'Homem Aranha: No Aranhaverso' captura a essência do personagem 'Homem Aranha: No Aranhaverso' captura a essência do personagem Reviewed by Marko Miller on sábado, janeiro 12, 2019 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

comentários
DISQUS