Reprodução/Divulgação

'Branca de Neve e o Caçador', de Lily Blake, John Lee Hancock, Evan Daugherty e Hossein Amini


Em Branca de Neve e o Caçador, a história de Branca de Neve se repete, só que com outro foco. A Madrastra, a princípio, era uma camponesa perdida e indefesa, que encontra o Rei que se apaixona.

No momento do fervor de emoções, eles namoram e logo após casam, mas o objetivo da madrasta não era ter uma família feliz. Por isso, na primeira oportunidade que teve, matou o Rei, vários amigos de seu reino e trancafiou Branca de Neve na torre do castelo.

Anos se passaram e Branca de Neve já estava com 17 anos quando começou a ter contato com o mundo novamente quando uma garota é levada até a torre. O que Branca de Neve não sabia é que todo o poder e juventude, que a Madrasta possuía, eram retirados das garotas jovens, perfeitas e lindas que faziam parte do reino ou quando eram raptadas em batalhas.

Na primeira oportunidade de fuga, ela escapa da torre e foge para a Floresta. Como os soldados não conseguem encontra-la, a Madrasta chama o Caçador para que encontre a sua “filha”. Como recompensa, ela prometeu trazer a sua esposa de volta a vida. Como ainda não tinha esquecido a morte de sua mulher, usou o argumento para continuar vivendo o amor dos dois.

Na floresta, o Caçador encontra Branca e percebe que a história da madrasta é falsa e a única alternativa que tem é ajudar a garota a encontrar o Duque, que era o melhor amigo de Branca, e tentar salvar o reino.


Posso dizer que esse livro é muito bom de ler, pois é curto e não é tão enrolado como a adaptação literária de A Garota da Capa Vermelha, que segue o mesmo estilo de remake de clássicos infantis. Recomendo a leitura.

'Branca de Neve e o Caçador', de Lily Blake, John Lee Hancock, Evan Daugherty e Hossein Amini 'Branca de Neve e o Caçador', de Lily Blake, John Lee Hancock, Evan Daugherty e Hossein Amini Reviewed by Lucio Pozzobon on 11:22:00 Rating: 5